Select Menu

Web Rádio Gospel Adoração

TRADUZIR ESTE SITE

Casamentos, debutantes, aniversário infantil, ensaio de casal, Ensaio pré wedding

Descrição da Imagem

SLIDES Notícías Gerais

Tecnologia do Blogger.

Labels

BOTAO FACEBOOK

POUP TESTE

"

Visualização por páginas

Ads 468x60px

About Me

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Dafiti Publicidades I

Publicidade I

Featured Posts

CALENDÁRIO ONLINE

Calendário com feriados municipais, datas comemorativas e fases da lua

CONVERSOR DE NÚMEROS ROMANOS

DIGITE UM Nº DE (1 A 3999) =>>

RESULTADO DO NÚMERO EM ROMANOS:

.EXEMPLOS: I = 1, V = 5, X = 10, L = 50, C = 100, D = 500 E M = 1000.

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

INDIQUE ESTE SITE

Google+ Badge

Social Icons

Segundo Inpe, após ressaca, foram registrados fortes ventos na direção contrária, causando o recuo. Imagens foram feitas na praia do Camaroeiro.

mbarcações amanheceram encalhadas em Caraguatatuba na manhã desta segunda-feira (14). Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) isso aconteceu por causa de um fenômeno chamado ‘recuo do mar’. Os fortes ventos de domingo (13) teriam afastado as águas da faixa litorânea.
As imagens mostram varias embarcações que estavam atracadas na Praia do Camaroeiro encalhadas na faixa de areia. Isso porque a água da praia recuou com os ventos.
De acordo com a oceanógrafa Rosio Camayo, no início do fim de semana o litoral paulista teve registro de ressaca com mar agitado e ondas de até cinco metros de altura. No domingo (13) foram registrados ventos fortes na direção contrária do mar, o que ajudou a puxar o volume de água para o alto-mar.
Com isso, as embarcações atracadas no fim de semana, quando o mar estava alto, ficaram encalhadas. Apesar do recuo, a previsão do instituto é de que o mar continue agitado nesta segunda, com ondas de até quatro metros de altura.

Fonte: http://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/embarcacoes-ficam-encalhadas-apos-recuo-do-mar-em-caraguatatuba.ghtml
Nasa divulgou nessa tarde um alerta urgente – Atenção Brasil, Isso é muito serio
A costa brasileira, é fator que desperta preocupação mundial, tendo em vista a inexistência de qualquer mecanismo de prevenção de tsunamis no Brasil.
Todos os anos, nos deparamos com notícias de novos furacões, tornados, terremotos e outros desastres naturais atingindo o mundo.
Embora algumas áreas sejam afetadas com mais freqüência por estas catástrofes naturais do que outras, a maioria das pessoas teme condições meteorológicas extremas – aqui no Brasil
Nessa sexta-feira, 11, um fenômeno incomum na Costa Sul do Brasil e Uruguai fez com que o mar recuasse cerca de 70 metros em vários ponto.

Alerta – Profecia

Desde o ano passado, inúmeros videntes e profetas , de mais variados credos tem divulgado revelações sobre a fase negra do Brasil.


Semana passada, o famoso mistico cristão, o Americano, Ivan Meldigore disse que o Brasil iria receber um sinal.
Fato que coincidiu com os fenômenos no mar do sul do Brasil .
Ivan afirma que, um manto espiritual veio sobre o Brasil, devido a falta de conversão.
A população brasileira já foi muito religiosa e honesta,se dizem Cristãos, mas hoje em dia estão cada vez mais violentos e malandros, uns querendo passar a perna no outros, no Brasil se mata por qualquer motivo besta. Não há mais respeito, amor ao próximo, caridade e sinceridade, o povo brasileiro vive uma vida maquiada com má intenções diárias, é oque tem atraído uma especie de carma ou energia espiritual negativa, forçando o universo a fazer uma limpeza vibracional, sendo que eventos catastrofísticos e mortais acontecerão afim de fazer uma limpeza populacional.
Ou seja: se não tem pessoas que praticam maldades, a energia volta a fluir de forma positiva, então mortes são necessarias, segundo essa visão.
Conversão Sincera com Deus e Harmônica com o próximo, poderia inibir as desgraças futuras sobre o Brasil, Afirma o profeta em sua publicação.
Alerta da Nasa publicado Hoje
A Nasa publicou hoje uma nota, em que alerta o Brasil para uma possível catástrofe de forma irreparável e proporções ainda desconhecidas em seu litoral, sendo que desde 2001, que cientistas alertam que uma futura erupção do instável Vulcão Cumbre Vieja em La Palma (uma ilha das Ilhas Canárias) poderia causar um imenso deslizamento de terra para dentro do mar.
Nesse potencial deslizamento de terra, a metade oeste da ilha (pesando provavelmente 500 bilhões de toneladas) iria catastroficamente deslizar para dentro do oceano.
Esse deslizamento causaria uma megatsunami de cem metros que devastaria a costa Brasileira com uma tsunami de trinta a cinqüenta metros alcançando até a costa leste da América do Norte muitas horas depois, causando devastação costeira em massa e a morte de prováveis milhões de pessoas. Fato que desperta a preocupação de algumas autoridades, tendo em vista a inexistência de qualquer mecanismo de prevenção de tsunamis no Brasil.
Esta ocorrência está sendo prevista desde 2010; a Comissão afirma que isso vai ocorrer, inevitavelmente a qualquer momento. Este terremoto e tsunami previsto mataria mais de 10 mil pessoas, possivelmente dividiria partes da Costa o Brasil até a costa Leste Sul dos Estados Unidos. e custaria 320 bilhões dólares em danos para os países atingidos
Fonte: http://peloamordedeus.com/nasa-confirmou-hoje-oque-disse-profecia-e-publicou-um-alerta-urgente-atencao-brasil-isso-e-muito-serio-futura-desgraca-no-brasil/



Apesar do governo federal falar todo tempo que não tem verba e com isso aumentar impostos, promover eliminação de direitos trabalhistas, previdenciário e cortes nos programas importantes na área social, nessa quarta-feira (9), os ministros do STF têm uma reunião administrativa para aprovar a proposta orçamentária do Judiciário para 2018.
Representantes de associações de juízes estão sensibilizando os ministros para incluir na previsão orçamentária o reajuste de 16,38% em seus salários. O percentual é o mesmo que já consta num projeto aprovado na Câmara, mas parado no Senado, que eleva os salários dos ministros do STF de R$ 33.763 para R$ 39.293,32.
A decisão do Conselho Superior do Ministério Público de incluir no orçamento de 2018 um reajuste de 16,7% nos salários dos procuradores da República estimulou os juízes federais a se movimentar em busca de aumento de salário, mesmo diante do cenário de recessão econômica no país.
O que preocupa também é o efeito-cascata. Se um aumento é aprovado para o STF, todos os juízes do país, bem como o Ministério Público, podem exigir um reajuste. E como num efeito dominó, seguem deputados federais, governadores e o presidente.
Os deputados estaduais – que devem ganhar 80% de um federal – podem pedir equivalência. O mesmo vale para os vereadores.
O salário mínimo nacional é de R$937, ou seja, um valor cerca de 42 vezes menor ao que os ministros querem receber com o reajuste. O auxílio-moradia referente a um mês de um juiz manteria um funcionário ganhando o mínimo por cerca de 4 meses.
Fonte: http://peloamordedeus.com/stf-decide-hoje-se-aumenta-salario-de-juizes-em-150-acima-da-inflacao/
A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, está com uma meta: a aprovação urgente dos Projetos de Lei 5002/2013 e o PL 7582/2014.
O PL 5002/2013, de autoria dos Deputados Federais Jean Wyllys (Psol/RJ) e Érica kokay (PT/DF) dispõe sobre o direito à identidade de gênero e altera o art. 58 da Lei nº 6.015 de 31 de dezembro de 1973.
Sim, é o Projeto de Lei que prevê a mudança de nome e a cirurgia de mudança de sexo em crianças e adolescentes mesmo sem o consentimento dos pais e ou responsáveis.
Luislinda pediu urgência no encaminhamento ao presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias.
O primeiro dos projetos prevê a mudança de nome e a cirurgia de mudança de sexo em crianças e adolescentes mesmo sem o consentimento dos pais e ou responsáveis.
Por sua vez, o PL 7582/2014, de autoria da Deputada Maria do Rosário (PT/RS) define os crimes de ódio e intolerância e cria mecanismos para coibi-los e dá outras providências.
Este último projeto usa técnicas de vagueza para classificar como crime de ódio e intolerância as posições contrárias a homossexualidade e a ideologia de gênero , prevendo pena de até seis anos de prisão e outras medidas punitivas como afastar o “criminoso” do seu próprio lar.
Em suma, mais uma capitulação para as premissas da extrema esquerda, que vive buscando meios para censurar divergentes.
Leia na integra o PL 5002/2013 no seguinte endereço: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra…
Fonte: http://peloamordedeus.com/ministra-dos-direitos-humanos-pede-urgencia-para-votacao-do-projeto-de-lei-que-autoriza-cirurgia-de-mudanca-de-sexo-para-criancas-e-adolescentes-sem-o-consentimento-dos-pais/
Enquanto o governo se debate para ampliar a meta fiscal deste ano para um déficit de R$ 159 bilhões, o Palácio do Planalto aprovou a concessão mordomias para assessoras de Marcela Temer.
Receberam dois apartamentos funcionais a nutricionista Denise Silva dos Reis Leal, que é responsável pelos cardápios do Palácio do Jaburu e também no Palácio da Alvorada.
 Cíntia Borba, responsável pela “rouparia” de Marcela; informação é da jornalista Andreia Sadi, do G1; concessão dos apartamentos funcionais irritou servidores do governo, porque teria furado a fila de servidores que aguardam ser contemplados
Segundo informações do blog de Andréia Sadi, do G1, a Secretaria de Administração do Palácio do Planalto aprovou a concessão de apartamento funcional para duas assessoras pessoais da primeira-dama, Marcela Temer.
Denise Silva dos Reis Leal atua como nutricionista da primeira-dama e é responsável pelos cardápios do Palácio do Jaburu e também no Palácio da Alvorada. Cintia Borba é responsável pelas questões particulares de Marcela; já de acordo com o Planalto, ela cuida da “rouparia”, atuando como uma espécie de “supervisora” da residência oficial do presidente da República. O benefício do apartamento funcional é dado a servidores que ocupam cargos DAS 4, 5 e 6. Ambas as servidoras são DAS 4.
De acordo com o blog, Denise pleiteou o apartamento funcional e o processo foi aprovado porque, segundo o Planalto, ela atendia a todos os requisitos exigidos. Porém, procurada, a assessoria de Temer disse que o “presidente, consultado, vetou verbalmente” o imóvel à nutricionista. Já Cintia Borba foi agraciada com um apartamento funcional. A concessão do apartamento funcional a Cintia, segundo o Planalto, ocorreu no ano passado.
Segundo apurou o blog, a concessão dos apartamentos funcionais a ambas havia irritado servidores do governo na semana passada porque existe uma fila de espera para ser atendida com os apartamentos. E, por se tratar de assessores de Marcela, elas tiveram a preferência e passaram na frente de outros nomes que ainda aguardam ser contemplados.
Fonte: http://peloamordedeus.com/funcionaria-que-cuida-da-roupa-de-marcela-ganha-apartamento-funcional/
DATENA NÃO É POSSÍVEL, ALÉM DE NÃO TER REMÉDIO DO CORAÇÃO NO POSTO DE SAÚDE, ALÉM DE AUMENTO DE TUDO GASOLINA, MERCADO, AINDA VÃO TIRAR 10,00 DE QUEM RECEBE A ESMOLA DE UM SALÁRIO MÍNIMO.
NO GOVERNO dilma/lula, TIRARAM LOGO NA CONCESSÃO DA MINHA APOSENTADORIA R$500,00 ALEGANDO QUE SOU MUITO NOVA, QUEM DETERMINOU A IDADE MÍNIMA, TENHO QUE DAR MAIS DINHEIRO ALÉM DOS 30 ANOS, VCS FAZEM IDEIA DO QUE É 30 ANOS DE CONTRIBUIÇÃO??????????????????????????? 
CONVERSA PARA BOI DORMIR, ELES ESTÃO ARREDONDANDO TODAS AS APOSENTADORIAS PARA UM SALÁRIO MÍNIMO, E COMEÇOU NO GOVERNO lula!!!
E AINDA TEM GENTE QUE DEFENDE A “NÃO INTERVENÇÃO”!!!
 EU SINCERAMENTE TENHO ABSOLUTA CERTEZA DE QUE NINGUÉM MUDARÁ TUDO ISSO, NINGUÉM SÓ OS MILITARES!!!
Fonte:http://peloamordedeus.com/datena-em-video-tirar-10-reais-no-salariopegar-politico-ladrao-tiro-na-nuca-e-familia-paga-bala/


Duas decisões do juiz Marcelo Bretas, titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, mantiveram presos nesta sexta-feira o empresário do setor de ônibus do Rio Jacob Barata Filho e Lélis Teixeira, ex-presidente da Fetranspor, segundo fonte ouvida pela nossa equipe
A decisão de Bretas aconteceu poucas horas depois de o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ter concedido habeas corpus para Barata Filho e Teixeira, que estavam presos desde a Operação Ponto Final, desdobramento da Lava-Jato deflagrado em julho para investigar corrupção no setor de transportes do Rio de Janeiro.
O juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela sétima Vara Criminal da Justiça Federal do estado do Rio de Janeiro, proferiu uma decisão que de certo modo, acabou se tornando contrária à determinação anterior dada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF)
#gilmar mendes. A “polêmica” repercutiu intensamente nos meios de comunicação, já que o juiz federal de primeira instância Marcelo Bretas, expediu mandado de prisão a empresários, pouco tempo após ser dada a concessão de um habeas corpus, em decisão monocrática proferida por Mendes.
Volta para a prisão
O juiz federal Marcelo Bretas proferiu novos mandados de prisão contra o empresário Jacob Barata Filho e o ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do estado do Rio de Janeiro (Fetranspor), Lélis Teixeira, que deverão ser mantidos detidos, de acordo com o juiz Bretas.
Ambos haviam sido presos acusados de participar de esquema de propinas liderado por Sérgio Cabral, ex-governador do Rio.
Nas duas decisões de Bretas tomadas na noite desta sexta-feira, Barata Filho foi acusado por crime de evasão de divisas,
enquanto Teixeira foi acusado por fraudes no transporte do município do Rio de Janeiro.
Fonte: http://peloamordedeus.com/nao-tenho-medo-de-ninguem-vou-acabar-com-gilmar-mendes-diz-juiz-marcelo-bretas-titular-da-7a-vara-federal-criminal-do-rio-de-janeiro/
O governo de Michel Temer pretende economizar R$ 17 bilhões até o fim de 2018 cortando auxílio-doença da população, enquanto o peemedebista usa verba pública para comprar deputados e se livrar de denúncia de corrupção.
Cerca de 400 mil benefícios já foram cancelados, mas o governo quer chegar a um corte de 1 milhão, informa reportagem do jornal O Estado de S.Paulo neste sábado 19.

A revisão dos benefícios tem ocorrido desde agosto do ano passado. Nesse período, o governo estima já ter economizado cerca de R$ 3 bilhões, de acordo com dados do Ministério de Desenvolvimento Social (MDS).
Vale lembrar que o novo rombo fiscal anunciado pelo governo, de R$ 159 bilhões, elevará ainda mais o limite para que o peemedebista utilize as emendas parlamentares para a compra de parlamentares no Congresso, onde Temer enfrentará novas denúncias.
Fonte: http://peloamordedeus.com/temer-vai-cortar-o-auxilio-doenca-de-1-milhao-de-pessoas-para-economizar-r-17-bi/
O Superior Tribunal de Justiça ainda não autorizou o início das investigações contra uma parte dos governadores citados nas delações da Odebrecht, incluindo o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), ainda não começou.
As delações da Odebrecht foram homologadas há mais de seis meses pelo Supremo Tribunal Federal. A Procuradoria-Geral da República diz que há casos ainda em apuração interna na instituição –que precede o envio à corte de pedidos de autorização.
Alckmin articula candidatura a presidente. Delatores apontaram pagamentos a campanhas do tucano por meio de caixa dois, sendo que R$ 2 milhões foram entregues a um cunhado do tucano em 2010, de acordo com o ex-executivo Carlos Armando Paschoal. Ele também apontou que o hoje governador chegou a participar pessoalmente de um acerto.
Além de Alckmin, as delações da Odebrecht também atingem o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (RJ), do Paraná, Beto Richa (PSDB), do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), e de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD). As denúncias contra o governador Fernando Pimentel (PT), de Minas, e Paulo Hartung (PMDB), foram arquivadas.
A situação difere da de congressistas mencionados pelos delatores, cuja jurisdição é o Supremo Tribunal Federal. No início de abril, o ministro do STF Edson Fachin autorizou a abertura de investigação contra 39 deputados, 24 senadores e oito ministros do governo Michel Temer
Fonte: http://peloamordedeus.com/bandidos-justica-atrasa-inquerito-de-alckmin-para-ajuda-lo-na-corrida-por-2018/
Os aliados de Michel Temer no Congresso aprovaram nesta quinta (17) uma MP (Medida Provisória) que permite que o trabalhador incapaz de arcar com os custos de um imóvel financiado seja obrigado a devolver o bem e ainda continuar pagando as parcelas, caso o banco considere que a dívida ficou maior que o valor da propriedade.
“Trata-se de um retrocesso monumental. Pelo ordenamento jurídico atual, o imóvel comprado garante, em caso de inadimplência, a quitação da dívida decorrente de sua aquisição. Mas a MP 775 aprovada na Câmara define que essa garantia pode não ser mais suficiente, e caso o valor apurado na sua venda após a retomada seja menor que o montante total da dívida, o tomador continuará obrigado a pagar o saldo devedor.”
A bancada do PT emitiu uma nota à imprensa repudiando a aprovação da MP.

Abaixo, a nota completa.
A Bancada do PT na Câmara lamenta profundamente a aprovação, na
terça-feira, 15, de dispositivos incorporados no Projeto de Lei de
Conversão da Medida Provisória 775/2017 que ferem diretamente os
interesses de todas as pessoas que tenham imóvel alienado como garantia
de financiamento. A medida foi aprovada com o apoio da bancada de apoio
ao governo Michel Temer, apesar da reação contrária do Partido dos
Trabalhadores e de outros partidos de oposição.
Originalmente, a MP tinha o objetivo contribuir para reduzir os riscos
de fraude, ampliar o grau de segurança jurídica das transações
contratadas no mercado financeiro e, em última instância, propiciar
condições para a ampliação e diminuição do custo do crédito,
sobretudo para as pequenas e micro empresas. Contudo, a base governista
de apoio Temer não resistiu, mais uma vez, em repetir sua prática
cotidiana: atacar os direitos dos trabalhadores.
Trata-se de um retrocesso monumental. Pelo ordenamento jurídico atual,
o imóvel comprado garante, em caso de inadimplência, a quitação da
dívida decorrente de sua aquisição. Mas a MP 775 aprovada na Câmara
define que essa garantia pode não ser mais suficiente, e caso o valor
apurado na sua venda após a retomada seja menor que o montante total da
dívida, o tomador continuará obrigado a pagar o saldo devedor.
Esse dispositivo tem implicação direta nas operações de
financiamento no âmbito do sistema financeiro habitacional, em que o
imóvel é usado como garantia. Em contexto de crise econômica em que,
por um lado, o desemprego aumenta a inadimplência e, por outro, o
preço dos imóveis tendem a diminuir em termos reais, existe a
tendência de haver um descasamento entre os saldos devedores e o valor
dos imóveis passíveis de serem objeto de execução pelos bancos.
Em resumo, a base governista optou por privilegiar os bancos, cujos
lucros astronômicos são os maiores do planeta, em detrimento do povo
brasileiro. É a lógica que move o atual governo: retirar direitos dos
trabalhadores e beneficiar o sistema financeiro e camadas privilegiadas
da sociedade.
Nós, da Bancada do PT, repudiamos a incorporação, na MP, de medida
cujo objetivo é claríssimo: penalizar a classe trabalhadora,
transferindo renda do trabalho para o sistema financeiro. Como o tema
era estranho ao texto original, vamos denunciar a aprovação e lutar
com os movimentos de moradia para exigir o veto da medida.
Brasília, 17 de agosto de 2017
CARLOS ZARATTINI (PT-SP), LÍDER DO PARTIDO NA CÂMARA DOS DEPUTADOS
Fonte: http://peloamordedeus.com/mp-de-temer-permite-que-comprador-perca-o-imovel-e-continue-pagando-ao-banco/
Ministro do STF já havia determinado soltura, nesta quinta, mas juiz do RJ expediu novo mandado de prisão. MP questiona atuação de Gilmar Mendes no caso; ele nega irregularidades.
Gilmar Mendes mandou soltar nesta sexta-feira (18), novamente, o empresário Jacob Barata Filho e o ex-presidente da Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado do RJ (Fetranspor) Lélis Teixeira.
Barata Filho e Teixeira foram presos no começo de julho na Operação Ponto Final, um desdobramento da Lava Jato. Eles são suspeitos de envolvimento em um esquema de corrupção no setor de transportes do RJ, com a participação de empresas e políticos do estado, que teria movimentado R$ 260 milhões em propina.
A decisão de Gilmar Mendes derruba uma ordem de prisão do juiz Marcelo Brêtas, da Justiça Federal do RJ, desta quinta-feira (17). Neste mesmo dia, Gilmar Mendes havia determinado, pela primeira vez, a soltura de Barata Filho e Teixeira. Mas eles não chegaram a ser soltos, porque Brêtas expediu novas ordens de prisão contra os envolvidos, por outros crimes.
O Ministério Público Federal no Rio (MPF-RJ) enviou ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, um pedido de impedimento de Gilmar Mendes para atuar no caso. Um dos argumentos é que a filha de Barata é casada com o sobrinho do ministro, que foi padrinho do casamento. Mendes afirma que, pela lei, não há nenhum impedimento a atuação dele no caso(veja mais abaixo).

Decisão

A nova decisão do ministro do STF libera o empresário e o ex-presidente da Fetranspor da prisão e determina que eles fiquem recolhidos em casa, proibidos de manter contato entre si e com outros investigados no caso. Eles também estão impedidos de deixar o Brasil, devendo entregar os passaportes para a Justiça em até 48 horas.
No despacho de soltura, Gilmar Mendes reconheceu o risco de fuga e de reiteração nos crimes supostamente cometidos, mas diz que as restrições impostas são suficientes para evitar tais situações.
“Tenho que as medidas cautelares anteriormente fixadas são suficientes para afastar a necessidade da prisão preventiva. Especialmente relevante para tal finalidade é a proibição de se ausentar do país, com obrigação de entrega de passaportes. Essa medida é suficiente para reduzir o alegado risco de fuga”, escreveu. 
Ministro Gilmar Mendes em atuação no plenário do STF (Foto: André Dusek/Estadão Conteúdo)

Suspeição

O ministro do STF teve a atuação no caso questionada pelo MPF-RJ, que alega que o ministro foi padrinho de casamento da filha do empresário. Diz ainda que um advogado de Gilmar Mendes também é advogado de Barata Filho.
Os procuradores alegam ainda que Jacob Barata Filho é sócio do cunhado de Gilmar Mendes em uma empresa de ônibus, e que a mulher do ministro trabalha no escritório de advocacia que atua no processo que envolve os empresários.
Segundo o MPF-RJ, sabendo disso, o ministro deveria se declarar suspeito de tomar decisões sobre o caso. Questionado nesta sexta sobre a relação com os envolvidos, Gilmar Mendes respondeu:
“Vocês acham que ser padrinho de casamento impede alguém de julgar um caso? Vocês acham que isto é relação íntima, como a lei diz? Não precisa responder.”
Em nota divulgada nesta sexta, Gilmar Mendes disse que as regras de impedimento e suspeição previstas em lei não se aplicam ao caso. Disse ainda que não conhece a família, com a qual alega só ter tido contato no dia do casamento.
“O contato com a família ocorreu somente no dia do casamento. Não há relação com o paciente e/ou com os negócios que este realiza”, afirmou, por meio de sua assessoria. “Ademais, não há tampouco amizade íntima com os advogados da presente causa”, diz a nota. 







Imagem mostra o empresário Jacob Barata Filho (centro), ao ser preso (Foto: Reprodução / Tv Globo)
Jacob Barata Filho é herdeiro Jacob Barata, que atua no ramo dos transportes de ônibus no Rio de Janeiro há várias décadas. O pai do empresário é conhecido como “Rei do Ônibus” e é fundador do Grupo Guanabara, do qual Barata Filho também é um dos gestores.
A força-tarefa que prendeu Barata Filho afirma que encontrou indícios de que ele pagou milhões de reais em propina para políticos do Rio.
Fonte: http://peloamordedeus.com/ele-e-vergonha-do-sft-em-24-horas-gilmar-mendes-manda-soltar-pela-segunda-vez-empresario-jacob-barata-filho/

Padre diz que sermão gerou “ofensas morais muito fortes”

O padre Júlio Lancelotti, coordenador da Pastoral do Povo de Rua na cidade de São Paulo, ligada à Igreja Católica, foi alvo de uma ação por danos morais, cujo pedido de indenização é de 50 mil reais, solicitada pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ).
A ação em questão diz respeito a um sermão feito pelo padre em uma igreja em São Paulo em março deste ano. Na ocasião, Júlio fez críticas com base em temas como machismo e homofobia, e acabou a citar Bolsonaro como um contraexemplo no tratamento a mulheres e LGBTs.
Júlio, na época, disse: “Em uma sociedade como a nossa, fico impressionado de aparecer nas pesquisas que uma pessoa homofóbica e violenta como Bolsonaro seja seguida por tanta gente no Brasil. Isso é vergonhoso”, afirmou.
“Alguém que propõe a violência, o assassinato e o extermínio dos gays, ou que o homem é mais importante do que a mulher e que ela tem que ser submissa… Isso é inaceitável no tempo em que vivemos”, acrescentou, em crítica.
O padre afirmou, em entrevista cedida ao UOL nesta quarta-feira (15), que recebeu uma notificação da Justiça do Rio de Janeiro há um mês sobre a ação movida por Bolsonaro. Além da indenização, Jair quer que o Júlio se retrate das afirmações.
“Não me surpreendeu essa ação do deputado, porque, à época, ele teria dito que faria isso. Curioso é que já um mês depois desse meu sermão, ele próprio disse no Clube Hebraica, no Rio, que negros têm que ser medidos com arrobas, e que, dos filhos dele, a última ‘deu uma fraquejada’ e nasceu mulher”, afirmou.
“Tudo isso configura o quê? Acredito que fiz uma avaliação literal do discurso dele, e acho que o mínimo razoável é que a Justiça considere essas declarações todas para avaliar a acusação dele contra mim”, disse Júlio.
O padre afirma que depois que o sermão se tornou popular nas mídias sociais, recebeu muitos comentários “com ofensas morais muito fortes”. “Teve gente que chegou a levar cartazes à missa dizendo que o deputado não era nada daquilo que eu falei”.
O advogado responsável pela ação de Bolsonaro, Vítor Granado Alves, comentou o caso. “Ele quer apenas reparar o dano que sofreu, mas só se manifestará nos autos do processo, que é público, para não dar margem a interpretações equivocadas”.
Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/bolsonaro-processa-padre-que-o-chamou-de-homofobico/

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+