Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » O QUARTO JOVEM DA FORNALHA"
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

TEXTO:  Daniel – 03: 24 a 19

14. Falou Nabucodonosor, e lhes disse: É de propósito, ó Sadraque, Mesaque e Abednego, que vós não servis a meus deuses nem adorais a estátua de ouro que levantei?
15. Agora, pois, se estais prontos, quando ouvirdes o som da buzina, da flauta, da harpa, da sambuca, do saltério, da gaita de foles, e de toda a espécie de música, para vos prostrardes e adorardes a estátua que fiz, bom é; mas, se não a adorardes, sereis lançados, na mesma hora, dentro da fornalha de fogo ardente. E quem é o Deus que vos poderá livrar das minhas mãos?
16. Responderam Sadraque, Mesaque e Abednego, e disseram ao rei Nabucodonosor: Não necessitamos de te responder sobre este negócio.
17. Eis que o nosso Deus, a quem nós servimos, é que nos pode livrar; ele nos livrará da fornalha de fogo ardente, e da tua mão, ó rei.
18. E, se não, fica sabendo ó rei, que não serviremos a teus deuses nem adoraremos a estátua de ouro que levantaste.
19. Então Nabucodonosor se encheu de furor, e mudou-se o aspecto do seu semblante contra Sadraque, Mesaque e Abednego; falou, e ordenou que a fornalha se aquecesse sete vezes mais do que se costumava aquecer.

Ø                 INTRODUÇÃO.
            Deus seja Louvado por ter nos concedido sua boa e agradável Palavra.Somos privilegiados por podermos receber do céu palavras que mudam nossas vidas, nos dando um grande enlevo espiritual do qual depende nossa saúde e sobrevivência espiritual neste mundo tenebroso.
        Alguém me perguntou quantas vezes eu já li A Bíblia e eu respondi com toda convicção que jamais li A Bíblia. Com esta resposta a pessoa que me questionou ficou embasbacada, pois como pode um pastor e pregador da palavra nunca ter lido A Bíblia? (foi a resposta dela). Mas aprendi que A Bíblia é um livro para ser meditado e jamais lido, pois para ler eu tenho livros e revistas, ou jornais, mas para meditar eu só tenho A Palavra do Grande Deus de Israel.

Ø                 OS DIAS DO CATIVEIRO.
        Os dias eram tenebrosos. Israel estava à beira de uma catástrofe. Nabucodonosor estava pronto para invadir e tomar a nação do grande Deus. Ele destruiria toda Jerusalém e inclusive o Templo Sagrado. Verdadeiramente este Nabucodonosor era mesmo um homem audacioso. Nabucodonosor, filho de Nabupolassar. Seu reinado tem início em 604 a.C. Torna-se o principal soberano dessa época e transforma Babilônia na “rainha da Ásia”. Líder militar de grande energia e crueldade, ele aniquila os fenícios e obtém a hegemonia no Oriente Médio, com exceção do Egito. Na segunda metade do século VI a.C., conquista Jerusalém e realiza a primeira deportação de judeus para a Mesopotâmia, no episódio conhecido como o cativeiro da Babilônia. Este era o rei que se faz presente nessa mensagem.

        Mas quando este homem deporta para a Babilônia parte dos Judeus, ele deixa em Jerusalém uma pequena parte que eram aos seus olhos os pobres, que para a Babilônia não iriam contribuir com nada, que para Nabucodonosor eram desprezíveis. Outra parte ele faz alojar-se as margens de um rio e outra parte que ele considerava mais nobre, dotados de maior inteligência, Nabucodonosor leva para dentro do palácio, para que pudessem lhe ensinar tudo sobre Israel. Isso era uma estratégia para que pudesse conhecer quem era o povo que teria dominado.
        Para os que ficaram deixados para trás, desprezados em Jerusalém Deus deixa um profeta chamado Jeremias, nome hebraico que significa “O Senhor é alto”. Já para os que foram deixados a beira do rio Quebar, Deus lhe dá um profeta chamadoEzequiel, que traduzido é “Deus fortalece”. E para os que estavam dentro da casa de Nabucodonosor, Deus lhe dá outro profeta chamado Daniel, que quer dizer “Deus é meu juiz”. Deus sabe que onde quer que estejamos Ele nos enviará um profeta, para que possamos nos conduzir a Ele e jamais perdermos o alimento da Palavra. Guarde isso em seu coração e saiba que onde estiver existe uma Palavra de Deus para ti. Estes eram os três profetas do cativeiro babilônico.
                          
Ø                 OS TRÊS AMIGOS DE DANIEL.
        Com a parte do povo que estava dentro do palácio de Nabucodonosor, estavam outros, entre eles três jovens que também eram amigos de Daniel, cujo nomes eram Ananias, Mizael e Azarias. Estes com certeza também tinham algo a ensinar aos babilônicos sobre a nação de Israel.

        Estes jovens receberam nomes babilônicos, talvez uma estratégia de mudar a identidade dos homens de Deus, mas aquilo que Deus fez ninguém pode desfazer. Nabucodonosor deu lhes nomes de divindades babilônicas e chamou Daniel de Beltessazar, que quer dizer “Bel protege o rei”, a Ananias chamou de Sadraque, que quer dizer, “Amigo do rei”, a Mizael chamou de Mesaque, que significa “Quem é como Aku?” (deus da lua) e a Azarias chamou de Abedenego, que significa “servo de Nabu”.
        Certo dia o rei Nabucodonosor enche seu coração de soberba e manda construir um busto, uma estátua sua, e de ouro, simbolizando sua grandeza e soberania, e manda que na data marcada toda a nação e províncias se curvem a esta estátua e a adorem, para que saibam que Nabucodonosor é o grande rei. Assim, foi feito um decreto e selado com o sêlo do rei, mas ainda havia outra clausula constante no decreto do rei. Era que todos os que não se curvassem diante da estátua e não a adorassem, seriam jogados em uma fornalha de fogo ardente, e ali morreriam queimados pela desobediência ao decreto do rei Nabucodonosor.


        Estes três jovens decidiram em seus corações que não se curvariam diante da estátua do rei Nabucodonosor, pois seus joelhos somente se dobravam diante do Deus de Israel, que realmente era e é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis, mesmo que isso lhes custasse a vida.   
                                               
Ø                 A FORNALHA DE FOGO ARDENTE.
        Bom, a história todos nós sabemos o desfecho. Pois ao saber que os três jovens decidiram não se curvar diante da estátua, o rei Nabucodonosor ficou completamente irado, e A Bíblia diz que o semblante de seu rosto chegou a mudar tamanha era a ira, e mandou chamar os três jovens e lhes deu uma segunda chance, para que não fossem mortos conforme o decreto previa.
        Para a surpresa do rei Nabucodonosor os moços repetiram as palavras e disseram ao rei que não se curvariam diante da estátua e então o rei toma uma decisão. Ele manda que a fornalha fosse aquecida sete vezes mais, pois três jovens judeus seriam carbonizados na grande fornalha de fogo ardente. Mas mau sabia ele que ele mesmo é que começou a provocar o quarto jovem a se apresentar na fornalha, primeiro insultando o Senhor Jeová, e em segundo mandando que a fornalha fosse aquecida sete vezes mais, um número profético da parte de Deus.

        Não bastasse a ignorância do rei em decretar tamanha besteira, ele ainda manda que amarrassem os três moços para serem jogados dentro da fornalha e assim os soldados o fazem, posteriormente sendo os três jogados para o interior da fornalha de fogo ardente. Mas algo estaria para acontecer. Algo jamais visto ou contado na história até aquele dia, pois ao mandar jogar os jovens o próprio rei Nabucodonosor vê um quarto jovem passeando entre eles e o fogo e eles estavam como que estivessem em um passeio de lazer, e isso deixou o rei estupefato.
        Então o rei chama os três jovens e eles saem do meio da fornalha e A Bíblia diz que nem cheiro de fumaça havia neles e o rei naquele dia faz outro decreto dizendo que não outro Deus como o Deus daqueles três jovens, e que toda a nação da Babilônia deveria saber que somente Jeová é Deus.

Ø                 FIDELIDADE É QUESTÃO DE HONRA.
        Mas o que teria levado os três jovens a se manterem firmes e não se dobrarem diante da estátua? O que teria feito com que os três encarassem o rei Nabucodonosor? O que teria substituído o medo da morte pela coragem?

        Aqui começa nossa mensagem. Quando os três jovens eram ainda meninos em Israel, eles ouviram histórias das maravilhas que Jeová havia feito no meio do povo, e nos olhos de seus pais ouviram e viram a fé em um Deus que pode fazer o impossível e mesmo que Ele não o fizesse Ele continuaria sendo um Deus de maravilhas. A morte era para eles uma questão de honra. Eles precisavam continuar firmes e inabalados na promessa que lhes foi dada quando nasceram através de seus nomes, pois nesses nomes estava estampado o que realmente era Deus para eles e quem era esse Deus na vida deles. Eles decidiram se manterem firmes naquilo que era grandemente poderoso para os livrarem ou não. Mas não iriam traírem o Senhor.
        Eu aprendi que existem somente duas qualidades de pessoas que Deus procura somente duas e nada mais. Uma delas é adoradores e não adoração (João 4) e a outra é os fiéis (Salmo 101), eu ainda não encontrei na Bíblia Deus procurando outra coisa.

Ø                 A CHEGADA O QUARTO HOMEM.
        Ao decidirem optar pelo que é certo, Ananias, Mizael e Azarias mostraram o poder de Deus em suas vidas e assim fizeram com que o quarto jovem descesse para o meio da fornalha antes mesmo que eles fossem jogados, e quando lançados o quarto jovem os acolheu pela mão e com certeza os confortou dizendo para que não tivessem medo.

        Agora veja o que faz com que o quarto homem venha para o meio da fornalha nos receber, lembrando que é necessário que ele esteja lá antes de nossa chegada, e para isso é necessário que nos portemos como os três jovens.
        Em seus nomes estava a fé na promessa do Deus que serviam, pois Ananias tinha em seu nome o significado “Jeová é misericordioso”, já Mizael, quer dizer“Quem é como Jeová?, e Azarias, significa “Jeová ajudou”.
        Faça você também que o quarto jovem venha para a sua fornalha e assim todos saberão que tu és fiel e adorador do único e inabalável Deus que pode todas as coisas.
           
Ø                 CONCLUSÃO.
        Muitos de nós estamos vivendo de fornalha em fornalha e a cada vez que passamos por uma, saímos mais debilitados e consumidos pelo fogo, e o cheiro da fumaça está nos matando sufocados.

        Muitas igrejas não têm mais o cheiro da unção, mas somente o cheiro de roupas e carnes queimados, e todos que entram ali buscando socorro acabam fulminados pela fornalha de fogo ardente. E eu me pergunto: onde estão os jovens que podem mudar esta história? Onde estão os três jovens que podem mudar os decretos dos reis deste mundo? Estariam mortos? Extintos? Exterminados?
        Precisamos de pessoas que levem em seus corações quem é realmente o Deus quem servem, precisamos de Ananias, Mizael e Azarias, urgentemente. E eu creio em meu coração que você que leu esta mensagem pode se levantar como um desses jovens e mudar a história de sua nação.


        Eu convoco a todos os amados irmãos a buscarem serem Ananias, Mizael e Azarias, nos dias de hoje. Quem dentro de cada igreja se levantem homens e mulheres que façam com que o quarto jovem venha manifestar sua presença poderosa, para que o cheiro da morte vá embora e o cheiro da unção invada novamente os altares do Senhor dentro de cada igreja.

“Dedico esta mensagem ao pastor Eder Brasil, pois foi depois de uma conversa com ele que Deus me deu esta Palavra para ministrar no altar da igreja que pastoreio. Deus te abençoe Pastor Eder Brasil.”

Por: Pr. Alexandre Augusto
Igreja do Evangelho Quadrangular - Itajubá/MG


Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+