Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » A constante esperança de Jó
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

O livro de Jó traz um dado curioso, a palavra esperança aparece mais do que em qualquer outro livro da Bíblia. Quais seriam as esperanças de um homem arrasado por um turbilhão de acontecimentos catastróficos? Morte dos filhos, perda dos bens e da saúde. Solidão e dor. Como olhar para um futuro próspero, com o presente destruído? Jó fora consolado por sua esperança, uma expectativa cultivada por ele mesmo, porque ninguém mais foi capaz de lhe proporcionar tal consolo.

Jó tinha convicção de que apesar dos dias de luto, e da incompreensão do sofrimento que lhe sobreveio, Deus poderia mudar sua sorte. Assim, ele apela para o tribunal Divino, quer ouvir de Deus uma sentença de libertação da dor, e mesmo quando fala na morte mantém a esperança na misericórdia Divina. Ele retira forças da dor e declara que a morte não o vencerá,  sua esperança se cumprirá:

" Quem dera que as minhas palavras fossem escritas! Que fossem gravadas num livro! Que, com pena de ferro, e com chumbo, fossem para sempre esculpidas na rocha! Pois eu sei que o meu Redentor vive, e que por fim se levantará sobre a terra . E depois de consumida esta minha pele, então fora da minha carne verei a Deus; vê-lo-ei ao meu lado, e os meus olhos o contemplarão, e não mais como adversário. O meu coração desfalece dentro de mim!" Jó 19:23-27

Um coração despedaçado, contudo em oração constante, regado por esperança. E por que conhecemos a história desse servo valoroso de Deus? Porque suas palavras, foram escritas no livro Sagrado de Deus, na Bíblia. O Redentor se apresentou para Jó, o levantou do pó e o reergueu. E ele viu a Deus com os próprios olhos, O contemplou em vida : "Com o ouvir dos meus ouvidos ouvi, mas agora te veem os meus olhos." Jó 42:5. Deus ouvia a Jó e cumpriu suas petições.

Os ecos do mundo

De forma explicita a palavra esperança, aparece pelo menos oito vezes nos relatos de Jó, de forma implícita, podemos dizer que a esperança é constante nas palavras de Jó, nos diálogos com os amigos Elifaz, Bildade, Zofar e Eliú. Estes procuravam a causa do sofrimento de Jó, acusando-o de pecador. Buscavam de todas as formas desfalecer a esperança de Jó, porque não conseguiam ver outro desfecho para ele, além da morte:

Bildade: “ São assim as veredas de todos quantos se esquecem de Deus; a esperança perecerá” (8:13).

Jó: “Onde está a minha esperança? Quem poderá ver alguma esperança para mim? (17:15).

Quantas pessoas hoje não vivem ou já viveram situações semelhantes a de Jó? De sofrimento profundo, perdas de pessoas amadas, status social, amigos, bens. Deus deixou que a história de Jó fosse escrita e conhecida para devolver ânimos e esperança aos que atravessam vales escuros. Jó se agarrou a esperança, como um náufrago se agarra ao bote salva vidas. Ele conservou a fé na fidelidade Divina, mesmo quando os martelos da sentença de morte ecoavam em seus ouvidos.

Palavras de vida

A crise existencial que envolve Jó, é também marcada e agravada por seus conselheiros . Um exemplo claro e real do que acontece entre nós. Aguardamos palavras de amor , conforto, queremos ouvir Deus através das pessoas mais próximas, mas nos frustramos. Passei por isso quando estive muito enferma e os médicos não conseguiam me curar. Foi quando encontrei Jesus e Ele consolou minha alma e sarou todas as feridas.

Depois disso já vivi outras tribulações e ávida por respostas, não as encontrava nos lábios de homens. Contudo, na Bíblia, sempre encontrei consolo:

"Quando andar em trevas, e não tiver luz nenhuma, confie no nome do Senhor, e firme-se sobre o seu Deus." Isaías 50:10

E por que conto essas coisas? Não para me exaltar, pois não há exaltação no sofrimento humano, ele é uma escola de vida ou morte através do qual todos nos tornamos semelhantes. Conto para lhes transmitir esperança. A esperança invocada por Jó. A esperança que estava em seu coração, mas era invisível ao olhar humano. Não desanimemos nas tribulações.

“Pois tudo o que foi escrito no passado foi escrito para nos ensinar, de forma que, por meio da perseverança e do bom ânimo procedentes das Escrituras, mantenhamos a nossa esperança.” Romanos 15:4

Os montes Lhe pertencem

O livro de Jó foi escrito, inclusive, para nos ensinar sobre esperança. Olhe através das frestas de luz desse cortiço escuro e apertado e enxergue o futuro no horizonte. Firme-se em Deus e confie em Sua Palavra que é Bálsamo para os humilhados. Há um Salmo que diz: “ Nas Suas mãos estão as profundezas da terra, e as alturas dos montes lhe pertencem” Salmo 95:4. Deus está nos lugares altos e baixos, conosco na alegria e na tristeza.

No livro de Jó podemos encontrar respostas para o que não temos respostas. Jó não compreendia que estava sob ataque de Satanás, nem que Deus o guardava da morte. Também não sabia que naquele redemoinho, estava Deus, poderoso para trazer de volta, porção dobrada do que havia perdido. Mas nós sabemos de todas essas coisas, porque estão escritas. E para quem foram escritas? Para os que sofrem, e que a exemplo de Jó, procuram ser fies e obedientes a Deus. Para estes a esperança não deve morrer.

Deus o abençoe 
 Wilma Rejane
Fonte: http://www.atendanarocha.com


Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+