Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Conheça os Maravilhosos Mistérios da Páscoa
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nissan mês da primavera


Foi incrível estudar sobre a Páscoa judaíca e descobrir a beleza do simbolismo da data. Deus realmente não joga dados, Ele planeja todas as coisas com perfeição e beleza. Do principio ao fim da história da humanidade ( Gêneses a Apocalipse),  Deus se revela como Aquele que ama e liberta para uma nova vida. A Páscoa é uma dessas datas que recorda o livramento de Deus a todo um povo: judeus e gentios. De Moises a Jesus ela  ganha novos elementos, mas continua a reafirmar sua mensagem: Deus salva, Deus liberta para um novo tempo!


É no mês de Nissan que acontece a primeira ordem aos Israelitas para que estes, separem um cordeiro  sem mácula a fim de cinco dias depois,  vivenciarem a instituição da Páscoa: “ Falai a toda congregação de Israel, dizendo: Aos dez deste mês, tome cada um para si um cordeiro, segundo as casas dos pais, um cordeiro para cada casa” Êx 12:3. Também no mês de Nissan Abraão faz o convênio da circuncisão e os Israelitas , liderados por Josué, entram na terra prometida de Canãa( Js 4:6 e 5:2). No mês de Nissan, Jesus, Cordeiro pascal é morto e ressuscitado! ( Mc 15:42).

Não pretendo especificar um a um os elementos da Pascoa judaica, nem fazer um relato histórico da data, mas quero destacar um aspecto que geralmente não é citado quando fala-se de Páscoa. Certamente esse “detalhe” não é segredo para os judeus praticantes, estudiosos da Torá, mas será surpresa para muitas pessoas, que assim como eu, jamais imaginaria tamanha relação entre Páscoa e estação do ano. Minha alma transbordou de alegria ao perceber a suavidade e beleza de Deus brotando de forma tão esperançosa na Páscoa. Bendito seja o Deus de Israel e o nosso Deus, o Deus de Nissan, mês das alianças!


Nissan é o mês da Primavera!


Ao instalar-se na  Palestina, o povo de Israel viu-se rodeado por outros povos que tinham o costume de celebrar  rituais  a  divindades com o fim de agradecer e suplicar. Todos viviam da agricultura e da pastorícia. Por isso, esses rituais consistiam em oferendas e sacrifícios às divindades para lhes agradecer os frutos da terra e a fecundidade dos rebanhos, e para lhes pedir a continuação das boas condições para a vida. Construíam  altares e pequenos santuários em lugares especiais, sobretudo no alto das pequenas colinas ou montes, e  lá ofereciam uma parte dos seus produtos agrícolas e sacrificavam alguns animais dos rebanhos. 




E quando  é que era costume fazerem-se estes rituais?... Exatamente nesta altura do ano  na Primavera,  mês de Nissan, quando a  terra reverdecia e dava os seus primeiros frutos, altura em que nos rebanhos nasciam as primeiras crias!  O que era oferecido e sacrificado a estas divindades eram os primeiros frutos da terra e os primogénitos dos rebanhos, em sinal de agradecimento, adoração e confiança. A Primavera era o  recomeçar de tudo, o despertar da vida, o renascimento da terra há meses adormecida e a fecundidade dos rebanhos há meses sem crias. É a grande Páscoa da Criação, a Passagem da esterilidade à fecundidade,  da poupança à abundância, da sementeira à colheita, do frio ao calor, da paciência à festa. É um tempo de profunda passagem para a Alegria!


A Páscoa é na Primavera


Nissan é o primeiro dos doze meses do calendário judaíco, é o mês da tekufá ou primavera é o "mês da redenção". O nome Nissan, possui dois nuns: nissei e Nissam que se traduz como "milagres dos milagres" . E foi com demonstração de sinais e maravilhas, que Deus resgatou seu povo do Egito na primeira instituição pascal. Deus, então convoca o povo a abandonar os deuses do Egito e os cultos pagãos em que eram ofertadas as primicias da terra, para dizer-lhes que só Ele era Deus, Suficiente para salvá-los para dar-lhes das primícias da criação. O cordeiro morto em cada casa israelita, onde o sangue foi espalhado nos umbrais das portas, simbolizava nova vida, passagem, renascimento, novos frutos, nova estação que viria tal qual a Primavera!


"E eu passarei pela terra do Egito esta noite, e ferirei todo o primogênito na terra do Egito, desde os homens até aos animais; e em todos os deuses do Egito farei juízos. Eu sou o Senhor. E aquele sangue vos será por sinal nas casas em que estiverdes; vendo eu sangue, passarei por cima de vós, e não haverá entre vós praga de mortandade, quando eu ferir a terra do Egito. E este dia vos será por memória, e celebrá-lo-eis por festa ao Senhor; nas vossas gerações o celebrareis por estatuto perpétuo. Êxodo 12:12-14"

Jesus, nossa Páscoa, a Passagem para nova estação

Primavera: a palavra originasse de primo vere, que quer dizer princípio da boa estação.

Na noite em que morreram os primogênitos, houve salvação, libertação para Moisés e seu povo. A Páscoa, portanto, passou a ser sinônimo de nova vida.Cerca de 1500 anos mais tarde, a Páscoa teria uma comemoração diferente, porém, com o mesmo significado. Deus providencia um Cordeiro, sem mácula, sem pecado, para ser sacrificado em favor de toda humanidade. Àqueles que estivessem sob a cobertura do sangue do Cordeiro, não provariam da morte e do fogo eterno.

O Cordeiro É Cristo Jesus. Ele foi sacrificado na mesma semana em que todo Israel comemorava a Páscoa - 14º dia do mês de Nisã - Ele representa o sacrifício eterno e definitivo que libertaria o homem do "Egito" ( morte eterna, pecado) e do jugo pesado de "Faraó" ( Satanás e seus demônios)."Mas este, havendo oferecido um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus"Hb 10: 12.

O Cordeiro ressuscitou! Mt 28

A segunda Páscoa, portanto, estabelece uma nova aliança, em que a vida eterna é concedida aos que crêem no Cordeiro Pascoal e em seu sacrifício eterno que, ali, na cruz, purificou o homem de todo o pecado." E no dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis O Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo" Jo 1:29.

Páscoa é primavera, é chegada de uma nova vida, de novos frutos. Páscoa é passagem, onde tudo brota com a força da vida, com pureza e esperança. Páscoa tem perfume, tem abundância, tem beleza, tem superação. Páscoa é restauração do coração. Jesus é a nossa Páscoa, Ele é essa primavera: Passagem no velho para o novo, da mortalidade para a imortalidade, da vida para a Eternidade!


Espero em Deus que esses maravilhosos mistérios da Páscoa, tenham enchido seu coração de alegria, fé, amor e esperança. Assim foi para comigo que estou me dedicando a escrever um livro para contar-lhes mais desses mistérios da Primavera que é Cristo em nós.

Com amor, em Cristo.

Fonte: Biblia de Estudo Plenitude, Edição revista e corrigida, 1995, SBB-São Paulo e artigo "Primavera Melhor altura para a Páscoa" dos jovens Redentoristas de Portugal.

Wilma Rejane
Fonte: http://www.atendanarocha.com/

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+