Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » Decifrando a Estrela da Manhã
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Um de meus professores do curso de Filosofia adquiriu meu livro “Às Margens do Quebar”, tão logo segurou o livro nas mãos, com curiosidade, começou a folheá-lo. Parou no capitulo sobre “o Complexo de Jó” e em silêncio “devorou” rapidamente as linhas. Depois me olhou e perguntou algo que não estava no texto, mas que era pertinente ao tema Bíblico:

 - Wilma, por que Satanás se chama Lúcifer? Ele não é trevas? Como pode um ser maligno ser chamado de luz, você já escreveu sobre isso?
- Ainda não professor, mas isso também me intriga. Prometo que vou pesquisar sobre o assunto, quem sabe esse tema entre em um próximo livro.

E Lá Fui Eu Pesquisar

Sei que o artigo a seguir não conclui o tema, contudo trago o que reuni em pouco tempo de pesquisa sobre o significado do nome Lúcifer. Bem, não vou deixar meu professor sem resposta, né?


Estrela da Manhã Traduzida Como Lucifer

Isaías 14:12, 13 “Como caíste desde o céu, o estrela da manhã, filha da alva! Como foste cortado por terra tu que debilitavas as nações! E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei dos lados do norte”.

No texto original hebraico, o décimo quarto capítulo de Isaías fala de um rei babilônico caído, que durante sua vida perseguiu os filhos de Israel. O original hebraico não menciona o nome "Lúcifer", porém uma tradução feita no século IV por Jerônimo traduziu "Estrela da manhã, filho da Aurora, Estrela do dia" como "Lúcifer" e ao longo dos séculos a igreja foi interpretando que essa estrela da manhã, era um anjo rebelde, expulso do céu para governar o inferno, chamado Lúcifer.

Na astronomia romana, Lúcifer era o nome dado a estrela matutina, a estrela da manhã que aparece no céu pouco antes do amanhecer, anunciando o nascer do sol. O nome deriva do termo latino "Lucem Ferre", ou portador de luz. No texto original hebraico a expressão descreve o rei da Babilônia Helal, filho de Shahar, ao traduzir esses termos tem-se "estrela do dia, filho da aurora" transmitindo o brilho dourado das vestes do orgulhoso rei. Assim "Lúcifer" é um antigo nome latino que traduz os termos hebraicos: "estrela da manhã, portador de luz". Portanto, em nenhum momento o capitulo 14 de Isaías, em seu original cita Satanás ou Lúcifer.

Em seu comentário Bíblico Em Zerr, observou que tais termos foram usados em sentido figurado para simbolizar o orgulho e o esplendor do monarca Babilônico, sua queda teria sido comparada a queda de uma estrela. O desaparecimento de poderes corruptos aparece algumas vezes na Bíblia retratados sob imagens de queda de astros celestes (Ez 32:7 Is 13:10) Jackson 1987, 23,15.

Burton Coffman sobre isso escreveu: A palavra Lúcifer está fora de Isaias 14. Satanás não é identificado com unanimidade entre os estudiosos da escritura nessa parte da Bíblia. O capitulo diz que o rei da Babilônia morreria e seria enterrado, seu corpo seria comido pelos vermes, mas Satanás não tem corpo físico e o destino dele está descrito como sendo no lago de fogo Ap 21:8. O rei Babilônico viveu seu esplendor sobre uma cidade de ouro, mas Satanás é o monarca da escuridão.

Teólogo  Delitzch disse que o nome Lúcifer foi dado corretamente ao Rei da Babilônia, em razão da data do inicio da cultura babilônica que ascendeu como fenômeno se distanciando da penumbra cinzenta de tempos primevos e também devido ao caráter predominantemente astrológico do lugar (1982. pag. 312)

Delitzch diz ainda que o nome Lúcifer foi atribuído ao diabo a partir dessa passagem de Isaías.

Reino humano ou Espiritual? 

O capitulo 28 do Livro de Ezequiel é descrito pelos teólogos como sendo uma descrição de Satanás, contudo é dirigido ao rei de Tiro:

"Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor Deus: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura. Estiveste no Edén, jardim de Deus... tu eras o querubim, ungido para cobrir e te estabeleci..."

Como pode o rei de tiro ter estado no Éden e ser Querubim ungido?

Eu Wilma, Concluo que os termos: "Rei de Tiro e Rei da Babilônia", podem e devem estar nos textos em sentido figurado, referindo-se sim a Satanás e que essa figura de linguagem dos reis foram usadas porque traduzem bem o governo do mal, revestido de orgulho, ganância, mentiras, corrupção e todos os atributos do inferno.

Vejo ainda que apesar de Satanás ser representante do reino das trevas, sendo ele mesmo trevas, é possível que se revista de luz. Não que esta seja uma propriedade sua, mas ele usa a luz como disfarce, mentira. Não é uma luz própria, mas roubada. É fugaz e está sempre em queda, assim como as estrelas cadentes:

"E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em anjos de justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras" II Cor 11:14, 15.

O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir.João 10:10a

“Eu via Satanás a cair do céu como um raio.” Lc 10:17, 18



Jesus é a Verdadeira Estrela da Manhã:


22:16 Apocalipse: "Eu, Jesus, enviei o meu anjo para vos testificar estas coisas nas igrejas Eu sou a Raiz e a geração de Davi, a resplandecente Estrela da manhã."


Jesus como resplandecente "estrela da manhã" significa que a sua vinda é o cumprimento de uma promessa. Deus falou, pela boca do profeta estrangeiro Balaão, as seguintes palavras: "Eu o vejo, mas não agora; eu o avisto, mas não de perto. Uma estrela surgirá de Jacó; um cetro se levantará de Israel" (Números 24.17).

O profeta Malaquias retomou a mesma promessa, falando dAquele que seria uma estrela (ou sol) de justiça:

"Para vocês que reverenciam o meu nome, o sol da justiça se levantará trazendo cura em suas asas. E vocês sairão e saltarão como bezerros soltos do curral. Depois esmagarão os ímpios, que serão como pó sob as solas dos seus pés, no dia em que eu agir, diz o Senhor dos Exércitos.Lembrem-se da Lei do meu servo Moisés, dos decretos e das ordenanças que lhe dei em Horebe para todo o povo de Israel."

"Vejam, eu enviarei a vocês o profeta Elias antes do grande e temível dia do Senhor" (Malaquias 4.2-5). Jesus veio como uma estrela. Não por acaso, uma estrela é o símbolo do caminho até a manjedoura onde nasceu.

Satanás era dotado de luz e glória, mas ao cair, ao ser expulso do céu, perde toda sua majestade. Jesus Cristo, É o Único Rei, revestido de poder e glória que ilumina os caminhos tortuosos, libertando o homem da escuridão: "O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do Seu amor" Cl 1:13.

Assim, espero que esse estudo tenha nos dado um entendimento maior sobre o significado de estrela da manhã, que veio a ser traduzida como Lucifer em representação a uma estrela em queda.

Que Deus em Cristo nos abençoe porque somente Nele há salvação.

Fontes como links no artigo.
Wilma Rejane

http://www.atendanarocha.com

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+