Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Deputada argentina denuncia Cristina Kirchner por enriquecimento ilícito.A ex-presidente, juntamente com seus dois filhos, é suspeita de manter uma empresa de fachada para receber pagamentos de empresários com contratos no governo
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Uma deputada argentina apresentou nesta segunda-feira uma denúncia contra a ex-presidente Cristina Kirchner (2007-2015) e seus filhos, Máximo e Florencia, por delitos de enriquecimento ilícito e falsificação ideológica. O juiz Claudio Bonadio será o encarregado de investigar a denúncia penal apresentada pela deputada de centro-esquerda Margarita Stolbizer na Justiça Federal pela "manipulação e possível adulteração de documentos públicos relacionados com a empresa Los Sauces", formada em 2006 pelo falecido ex-presidente Néstor Kirchner, Cristina e Máximo Kirchner, segundo afirma o texto da denúncia.
A deputada do Partido Geração para um Encontro Nacional (Gene) alegou que Cristina cometeu irregularidades como o registro de um domicílio fictício para a empresa, a ausência de declaração de imóveis perante os organismos tributários e a falsificação de documentos relacionados com a compra e venda de propriedades.Além disso, Margarita afirma que a empresa Los Sauces teve um crescimento vertiginoso e injustificável. De acordo com a deputada, a companhia não realizou nenhuma operação nos anos de 2007 e 2008, mas passou a fazer investimentos em imóveis que superam 9 milhões de pesos argentinos (2,1 milhões de reais) em 2009 e 10 milhões de pesos (2,4 milhões de reais) em 2012. "É impossível que uma empresa que não tenha movimentos financeiros de repente apareça comprando tantos imóveis milionários", afirmou Stolbizer antes de apontar "vínculos" entre a companhia dos Kirchner e os empresários Cristóbal López e Lázaro Báez, investigados atualmente por corrupção.
Ainda de acordo com a denúncia, os lucros recebidos por Néstor Kirchner e os obtidos por Cristina e seus filhos após a morte do ex-presidente em 2010 foram possíveis graças aos aluguéis que ambos empresários pagavam pelas propriedades de Los Sauces. López e Báez são suspeitos de conseguirem contratos com governo mediante subornos e regalias para políticos. Para Margarita Stolbizer, a suspeita é que os aluguéis "na realidade podiam ser subornos ou retornos aos Kirchner por negócios que entregaram a Báez e López durante estes 12 anos" de mandato.

(Da redação)

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+