Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Empreiteiro relatará propina em obra de Aécio Neves, diz jornal
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

O empreiteiro Léo Pinheiro, sócio e ex-presidente da OAS, deve relator que pagou suborno aassistentes de Aécio Neves na época em que ele era governador de Minas Gerais. Segundo informações da Folha de S. Paulo, o esquema está documentado e envolve a construção da Cidade Administrativa.
Aécio foi governador de MG entre 2003 e 2010. A obra citada foi a mais cara de toda a gestão do tucano no estado. De acordo com Pinheiro, a OAS pagou 3% sobre o valor da obra a Oswaldo Borges da Costa Filho, um dos auxiliares do agora senador.
Mais conhecido como Oswaldinho, o assistente é apontadocomo tesoureiro informal das campanhas de Aécio entre 2002 e 2014. O senador nega irregularidades na construção afirma não ter recebido recursos ilícitos. Em nota, ele afirmou que as acusações são "falsas"e "absurdas".
A obra de Cidade Administrativa foi orçada inicialmente em R$ 949 milhões, mas custou R$1,26 bilhões aos cofres públicos. Junto ao custo de mobiliário e outros itens, o valor chega a R$ 2,1 bilhões.
A empreiteira de Pinherio fez três prédios do complexo junto à Odebrecht e à Quieroz Galvão. No acordo, Odebrecht era o líder, com 60% do valor contrato. OAS e Queiroz Galvão eram responsáveis por 25,71% e 14,25%, respectivamente. Como a OAS obteve R$ 102,1 milhões, os 3% da suposta propina corresponderiam a pouco mais de R$ 3 milhões.
Fonte: http://www.msn.com/pt-br/noticias/crise-politica/empreiteiro-relatar%C3%A1-propina-em-obra-de-a%C3%A9cio-neves-diz-jornal/ar-AAhCBac

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+