Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Uma Jornada em Cades Barnéia
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

O que é Cades Barnéia?

Cades Barnéia é uma região. Localiza-se ao sul da terra de Israel, ao nordeste da península do Sinai. É identificada atualmente com "ein el-qudeirat.” Está próxima à “estrada de Gaza”, entre esta cidade e o Mar Vermelho. Ocupava um lugar muito importante, já que era um oásis no deserto, conectada a muitos outros pontos que formavam uma teia, um complexo que se relacionava ao sul com o Golfo de Ácaba, produtor de cobre e centro comercial.

Qual a importância de se estudar essa região?

No livro de Números, capítulos 13 e 14, Moisés prepara as doze tribos de Israel para uma jornada de quarenta dias em Cades Barnéia. Escolhe, um representante de cada tribo e os envia com uma missão: “Observai a terra para onde vais, vede o povo que nela habita; se é forte ou fraco; se pouco, se muito. E como é a terra; se boa se má e de que maneira habitam; se em arraias ou em fortalezas. Também se é terra fértil ou não, esforçai-vos e tomai do fruto daquela terra”. Nm 13:18-20.

Deus já havia falado através de Moisés que aquela terra, seria dada por herança aos filhos de Israel (Dt 1:36). Tudo que eles tinham que fazer era acreditar na promessa e partir para a conquista. Essa narrativa, muito nos ensina sobre fé. É uma lição preciosa para os que anseiam alcançar o que Deus tem colocado em seus corações.

Os doze espias em Cades Bernéia:

E os doze homens, considerados príncipes de suas tribos, escolhidos como excelentes, obedeceram ao profeta Moisés e escondidos nas montanhas, se esquivando de serem pegos, estudaram todo o local que posteriormente passaram a chamar de Vale de Escol, que quer dizer “Vale dos cachos”. A terra era boa e muito fértil: Uvas, romãs, figos... Os cachos eram tão grandes que tinham que ser carregados por dois homens Nm 13:23. A terra manava leite e mel, verdadeiramente.

O Relatório dos espias

Toda a congregação se reuniu em um só lugar para ouvir o relatório dos doze espias. Uma solenidade decisiva para os peregrinos do deserto que sonhavam em habitar em lugar seguro. E os príncipes das tribos, começaram a relatar. Mostraram os grandes cachos de uva, narraram o progresso e a beleza do lugar. Começaram com o que consideraram a boa noticia. Em dado momento, desprezaram as qualidades do lugar e consideraram impossível conquistarem a promessa: “A terra é cheia de gigantes, homens poderosos, as cidades são muito fortificadas. Tem inimigos em todas as direções: Norte, Sul, Leste e Oeste” Nm 27:29.

Os Valentes da Comissão para Cades-Bérneia:

Entre os doze homens que viveram os quarenta dias na cidade, dois se destacaram: Oséias, filho de Num a quem Moisés chamou de Josué e Calebe. Eles viram as mesmas coisas dos demais, não ignoraram as dificuldades, porém tiveram uma visão diferente. Através da fé em Deus, acreditaram que seria possível a conquista, não se deixaram contaminar pelos murmurinhos dos demais. Eles olharam para a promessa, e isto os motivou a seguir em frente.  Enquanto seus colegas diziam: “não podemos, aquela terra devora seus moradores, os gigantes são em grande quantidade como bandos de gafanhotos” Nm 13:31 a 33. Os murmuradores queriam o leite e o mel, mas não queriam pagar o preço. Enquanto isso, Josué e Calebe confessavam: “O Senhor é conosco, não temais”.  Mas, todo o povo se deixou contaminar pelo relatório de derrota. Choraram e lamentaram a situação.

Os Escolhidos por Deus

Os escolhidos para herdar a região foram os que escolheram agradar e acreditar em Deus: Josué e Calebe. Toda a multidão que se assombrou com os gigantes, pereceu no deserto. Sequer conheceram a cidade descrita. Há um versículo no livro de Romanos que me alimenta em tempos de “gigantes”: "Deus o qual vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem” Rm 4:17. A batalha parece difícil, mesmo impossível, mas Deus já tem a solução. Ela já existe. O que tenho que fazer é colaborar para o milagre acontecer. Ou escolho murmurar e olhar a terra com um relatório pessimista, de fracasso, ou escolho agradecer a Deus porque Ele é o que vence os gigantes, derruba as muralhas, as cidades que parecem poderosas aos nossos olhos. Escolho a visão de Deus, porque do alto, de seu trono, toda a terra é como uma gota de água em um balde, o pó miúdo das balanças Is 40:12.

A Lição de Calebe

Muitos capítulos Bíblicos se passaram até se cumprir a promessa de Deus na vida de Calebe. Foram 45 anos de espera, até que ele finalmente abraçou, apalpou o que seus olhos e seu coração já haviam visto e crido. As palavras de Calebe, me emocionam, gostaria mesmo de reescrever toda a sua fala, mas para que o texto não fique tão grande, vou resumir: “Quarenta anos tinha eu quando Moisés me enviou a Cades Barneia, e eu lhe trouxe uma resposta como senti em meu coração. Quarenta e cinco anos se passaram e o Senhor me conservou com vida até esse dia. Hoje tenho 85 anos e estou forte como naquele dia. A terra é minha e de meus filhos” Js 14:7, 14. Ô Deus maravilhoso! Aleluia! Ele esperou com paciência, foi movido pela fé. Tinha plena certeza em seu coração e Deus o honrou.

Uma vitória sobre Cades Bérneia

Recentemente passei por essa região: “Terra de gigantes e cidades fortificadas”. Estava com uma questão judicial para assumir cargo público. Fui aprovada na 31º colocação, mas por direito, através da lei, deveria ocupar o 2º lugar nas quotas (visão monocular). Lutei por cinco meses com “os gigantes”. Uma influente chefe do departamento de pessoal me falou: "Desista, esse processo levará anos para ser finalizado”. Ela não foi à única. Todos os meus colegas já haviam tomado posse, e lamentavam minha exclusão. Eu confessava: “Deus ressuscitou Lazaro quando todos diziam que ele estava morto. Ele há de ressuscitar o morto”. Eu tinha uma promessa de Deus. Quando larguei a profissão anterior para me dedicar ao ensino, foi por convicção. Por amor e vontade de ser útil ao Reino. E no dia do meu aniversário 29 de Junho de 2010, comecei a trabalhar. Deus ainda me fez esta surpresa: “É um presente meu para você”. Mas confesso aos irmãos que em alguns momentos me senti sem forças. O que contudo, não me deixou perecer foi  a promessa. Deus É. Simplesmente. Só se entende pela fé. Como Josué e Calebe.


Cades Barnéia é verdadeiramente terra de gigantes, de cidades fortificadas, é uma terra que mana leite e mel que precisa ser conquistada. Essa região representa a terra prometida. A nossa terra prometida. A que Deus nos deu por herança. Sabemos que somos peregrinos por aqui, temos uma morada segura nas regiões celestiais, mas, enquanto vida tivermos Cades Barneia estará diante de nossos olhos. É importante não desanimarmos, não darmos ouvidos aos pessimistas, mas nos enchermos de conforto e paz com a Palavra Divina que diz:  "Em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". Jo 16:33.

Que tipo de relatório estamos fazendo da vida? Somos comparados aos dez espias murmuradores ou aos valentes josué e Calebe?

Em Cristo.


* Assumi concurso público em Junho de 2010, como cotista. Em Setembro de 2011 recebi transplante de córnea, uma cirurgia abençoada que me devolveu a visão do olho direito. Em seguida fui chamada para assumir no mesmo concurso público na vaga destinada a ampla concorrência. Assim, foram contrariadas todas as expectativas humanas e Deus fez além, muito além do que todos diziam. Em meu coração, contudo, sempre acreditei que Deus me seria propício e Fiel. Que assim seja para com você que lê esse artigo.
Wilma Rejane
Fonte: http://www.atendanarocha.com/

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+