Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » Uma Jornada em Cades Barnéia
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

O que é Cades Barnéia?

Cades Barnéia é uma região. Localiza-se ao sul da terra de Israel, ao nordeste da península do Sinai. É identificada atualmente com "ein el-qudeirat.” Está próxima à “estrada de Gaza”, entre esta cidade e o Mar Vermelho. Ocupava um lugar muito importante, já que era um oásis no deserto, conectada a muitos outros pontos que formavam uma teia, um complexo que se relacionava ao sul com o Golfo de Ácaba, produtor de cobre e centro comercial.

Qual a importância de se estudar essa região?

No livro de Números, capítulos 13 e 14, Moisés prepara as doze tribos de Israel para uma jornada de quarenta dias em Cades Barnéia. Escolhe, um representante de cada tribo e os envia com uma missão: “Observai a terra para onde vais, vede o povo que nela habita; se é forte ou fraco; se pouco, se muito. E como é a terra; se boa se má e de que maneira habitam; se em arraias ou em fortalezas. Também se é terra fértil ou não, esforçai-vos e tomai do fruto daquela terra”. Nm 13:18-20.

Deus já havia falado através de Moisés que aquela terra, seria dada por herança aos filhos de Israel (Dt 1:36). Tudo que eles tinham que fazer era acreditar na promessa e partir para a conquista. Essa narrativa, muito nos ensina sobre fé. É uma lição preciosa para os que anseiam alcançar o que Deus tem colocado em seus corações.

Os doze espias em Cades Bernéia:

E os doze homens, considerados príncipes de suas tribos, escolhidos como excelentes, obedeceram ao profeta Moisés e escondidos nas montanhas, se esquivando de serem pegos, estudaram todo o local que posteriormente passaram a chamar de Vale de Escol, que quer dizer “Vale dos cachos”. A terra era boa e muito fértil: Uvas, romãs, figos... Os cachos eram tão grandes que tinham que ser carregados por dois homens Nm 13:23. A terra manava leite e mel, verdadeiramente.

O Relatório dos espias

Toda a congregação se reuniu em um só lugar para ouvir o relatório dos doze espias. Uma solenidade decisiva para os peregrinos do deserto que sonhavam em habitar em lugar seguro. E os príncipes das tribos, começaram a relatar. Mostraram os grandes cachos de uva, narraram o progresso e a beleza do lugar. Começaram com o que consideraram a boa noticia. Em dado momento, desprezaram as qualidades do lugar e consideraram impossível conquistarem a promessa: “A terra é cheia de gigantes, homens poderosos, as cidades são muito fortificadas. Tem inimigos em todas as direções: Norte, Sul, Leste e Oeste” Nm 27:29.

Os Valentes da Comissão para Cades-Bérneia:

Entre os doze homens que viveram os quarenta dias na cidade, dois se destacaram: Oséias, filho de Num a quem Moisés chamou de Josué e Calebe. Eles viram as mesmas coisas dos demais, não ignoraram as dificuldades, porém tiveram uma visão diferente. Através da fé em Deus, acreditaram que seria possível a conquista, não se deixaram contaminar pelos murmurinhos dos demais. Eles olharam para a promessa, e isto os motivou a seguir em frente.  Enquanto seus colegas diziam: “não podemos, aquela terra devora seus moradores, os gigantes são em grande quantidade como bandos de gafanhotos” Nm 13:31 a 33. Os murmuradores queriam o leite e o mel, mas não queriam pagar o preço. Enquanto isso, Josué e Calebe confessavam: “O Senhor é conosco, não temais”.  Mas, todo o povo se deixou contaminar pelo relatório de derrota. Choraram e lamentaram a situação.

Os Escolhidos por Deus

Os escolhidos para herdar a região foram os que escolheram agradar e acreditar em Deus: Josué e Calebe. Toda a multidão que se assombrou com os gigantes, pereceu no deserto. Sequer conheceram a cidade descrita. Há um versículo no livro de Romanos que me alimenta em tempos de “gigantes”: "Deus o qual vivifica os mortos, e chama as coisas que não são como se já fossem” Rm 4:17. A batalha parece difícil, mesmo impossível, mas Deus já tem a solução. Ela já existe. O que tenho que fazer é colaborar para o milagre acontecer. Ou escolho murmurar e olhar a terra com um relatório pessimista, de fracasso, ou escolho agradecer a Deus porque Ele é o que vence os gigantes, derruba as muralhas, as cidades que parecem poderosas aos nossos olhos. Escolho a visão de Deus, porque do alto, de seu trono, toda a terra é como uma gota de água em um balde, o pó miúdo das balanças Is 40:12.

A Lição de Calebe

Muitos capítulos Bíblicos se passaram até se cumprir a promessa de Deus na vida de Calebe. Foram 45 anos de espera, até que ele finalmente abraçou, apalpou o que seus olhos e seu coração já haviam visto e crido. As palavras de Calebe, me emocionam, gostaria mesmo de reescrever toda a sua fala, mas para que o texto não fique tão grande, vou resumir: “Quarenta anos tinha eu quando Moisés me enviou a Cades Barneia, e eu lhe trouxe uma resposta como senti em meu coração. Quarenta e cinco anos se passaram e o Senhor me conservou com vida até esse dia. Hoje tenho 85 anos e estou forte como naquele dia. A terra é minha e de meus filhos” Js 14:7, 14. Ô Deus maravilhoso! Aleluia! Ele esperou com paciência, foi movido pela fé. Tinha plena certeza em seu coração e Deus o honrou.

Uma vitória sobre Cades Bérneia

Recentemente passei por essa região: “Terra de gigantes e cidades fortificadas”. Estava com uma questão judicial para assumir cargo público. Fui aprovada na 31º colocação, mas por direito, através da lei, deveria ocupar o 2º lugar nas quotas (visão monocular). Lutei por cinco meses com “os gigantes”. Uma influente chefe do departamento de pessoal me falou: "Desista, esse processo levará anos para ser finalizado”. Ela não foi à única. Todos os meus colegas já haviam tomado posse, e lamentavam minha exclusão. Eu confessava: “Deus ressuscitou Lazaro quando todos diziam que ele estava morto. Ele há de ressuscitar o morto”. Eu tinha uma promessa de Deus. Quando larguei a profissão anterior para me dedicar ao ensino, foi por convicção. Por amor e vontade de ser útil ao Reino. E no dia do meu aniversário 29 de Junho de 2010, comecei a trabalhar. Deus ainda me fez esta surpresa: “É um presente meu para você”. Mas confesso aos irmãos que em alguns momentos me senti sem forças. O que contudo, não me deixou perecer foi  a promessa. Deus É. Simplesmente. Só se entende pela fé. Como Josué e Calebe.


Cades Barnéia é verdadeiramente terra de gigantes, de cidades fortificadas, é uma terra que mana leite e mel que precisa ser conquistada. Essa região representa a terra prometida. A nossa terra prometida. A que Deus nos deu por herança. Sabemos que somos peregrinos por aqui, temos uma morada segura nas regiões celestiais, mas, enquanto vida tivermos Cades Barneia estará diante de nossos olhos. É importante não desanimarmos, não darmos ouvidos aos pessimistas, mas nos enchermos de conforto e paz com a Palavra Divina que diz:  "Em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo". Jo 16:33.

Que tipo de relatório estamos fazendo da vida? Somos comparados aos dez espias murmuradores ou aos valentes josué e Calebe?

Em Cristo.


* Assumi concurso público em Junho de 2010, como cotista. Em Setembro de 2011 recebi transplante de córnea, uma cirurgia abençoada que me devolveu a visão do olho direito. Em seguida fui chamada para assumir no mesmo concurso público na vaga destinada a ampla concorrência. Assim, foram contrariadas todas as expectativas humanas e Deus fez além, muito além do que todos diziam. Em meu coração, contudo, sempre acreditei que Deus me seria propício e Fiel. Que assim seja para com você que lê esse artigo.
Wilma Rejane
Fonte: http://www.atendanarocha.com/

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+