Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » Caso Ana Hickmann: Irmã de atirador comemora decisão do Ministério Publico
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Irmã de Rodrigo Augusto de Pádua - morto após promover um atentado contra Ana Hickmann -, Elaine de Pádua comemorou, na última quinta-feira (7), a decisão do Ministério Público de Minas Gerais de prosseguir com a denúncia por homicídio contra Gustavo Corrêa, cunhado da apresentadora da Record.
Através de um post em seu Facebook, a moça agradeceu a Deus e clamou por justiça: “O meu irmão responderia pelos seus atos se estivesse vivo. Mas tiraram a vida dele. Que a justiça seja feita, sim. Somos todos iguais, seja rico ou pobre, anônimo ou famoso. Estamos vivendo em um mundo desigual, chega disso!”, escreveu.
E continuou: “Podem falar, ofender, criticar minhas atitudes, não me importo. Estou blindada a tudo isso. Eu amava muito o meu irmão e sempre vou lutar pela memória dele! Era, sim, um cara nota 1000".
Por fim, aproveitou para desencorajar os críticos de plantão, que defendem a tese de que Gustavo atirou no rapaz em legítima defesa. "Não se incomodem tanto assim, vocês que perdem o seu tempo tentando nos atingir. Será que vocês ainda não perceberam que somos uma família? E que o Rodrigo não era qualquer um? Ele tinha uma vida, sonhos, merecia viver! E não fugiria jamais de suas responsabilidades."
O caso
No fim de maio, Rodrigo Augusto invadiu o quarto de hotel em que se encontravam Ana Hickmann e os cunhados, Giovana e Gustavo, em Minas Gerais. O rapaz, bastante alterado, ameaçou por diversas vezes tirar a vida da apresentadora e acabou atingindo Giovana com dois tiros. Gustavo, então, entrou em luta corporal com o invasor, conseguiu desarmá-lo e o alvejou - o que ocasionou sua morte.
Fonte: http://www.msn.com/pt-br/noticias/brasil/caso-ana-hickmann-irm%C3%A3-de-atirador-comemora-decis%C3%A3o-do-mp/ss-BBu6x7K

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

3 comentários

Unknown disse...

Eu acho que ele errou sim em invadir o quarto,mas não justifica mata lo. Me entristece saber que vivemos em um país sem leis,e que o cunhado devia responder pelo crime sim,porque se ele havia desarmado o rapaz não tinha porq mata lo. Agora vai ficar impune por q é cunhado da Ana Hickman,fã sério.

Unknown disse...

Eu acho que ele errou sim em invadir o quarto,mas não justifica mata lo. Me entristece saber que vivemos em um país sem leis,e que o cunhado devia responder pelo crime sim,porque se ele havia desarmado o rapaz não tinha porq mata lo. Agora vai ficar impune por q é cunhado da Ana Hickman,fã sério.

Unknown disse...

Eu acho que ele errou sim em invadir o quarto,mas não justifica mata lo. Me entristece saber que vivemos em um país sem leis,e que o cunhado devia responder pelo crime sim,porque se ele havia desarmado o rapaz não tinha porq mata lo. Agora vai ficar impune por q é cunhado da Ana Hickman,fã sério.

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+