Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Treinador italiano é acusado por tribunal de dopar atletas do Quênia
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

O agente é acusado de "administrar substâncias proibidas, por meio de métodos proibidos" para melhorar o rendimento de seus atletas.


O italiano Federico Rosa, agente e treinador de atletismo, foi acusado em um tribunal queniano de dopagem e de arruinar a reputação de vários atletas do país, entre eles a maratonista Rita Jeptoo, suspensa em janeiro de 2015 por doping.Federico Rosa, que está em liberdade após pagar fiança, negou todas as acusações e pediu ao tribunal que devolva o seu passaporte para poder viajar a Monaco e acompanhar seus atletas na etapa da Diamond League, que será nesta sexta-feira. Na última semana, ele havia prestado depoimento à polícia local sobre o assunto.
O agente é acusado de "administrar substâncias proibidas, por meio de métodos proibidos" para melhorar o rendimento de seus atletas, que vivem em Eldoret e Iten, duas cidades mundialmente famosas por treinamento de alto rendimento.
Outro treinador italiano acusado de dopagem, Claudio Berardelli, também precisou pagar fiança para ficar em liberdade, mesmo depois de a acusação não ter apresentado provas convincentes contra. "Nas investigações realizadas pela Federação Internacional de Atletismo (IAAF, na sigla em inglês), Berardelli nunca foi mencionado. A polícia deveria ter pedido as provas recolhidas pela IAAF antes de envergonhar um preparador de fama internacional", afirmou o advogado de defesa.
No final de maio, a IAAF decidiu prolongar por seis meses a suspensão de três dirigentes da Federação Queniana: Isaiah Kiplagat, David Okeyo e Joseph Kinyua. Eles já haviam sido penalizados em novembro de 2015 por "subversão ao processo de dopagem", pois haviam encobertos casos de doping.
A Agência Mundial Antidoping (Wada, na sigla em inglês) declarou em primeiro de maio que o Quênia é um país que não age de acordo com as regras antidoping e precisaria modificar sua legislação para atender as exigências da organização, pois corre o risco de ser excluída dos Jogos Olímpicos do Rio. O presidente queniano, Uhuru Kenyatta assinou um termo no mês passado que atenderia as solicitações.Com informações da Folhapress. 
Fonte:https://www.noticiasaominuto.com.br/esporte/252717/treinador-italiano-e-acusado-por-tribunal-de-dopar-atletas-do-quenia

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+