Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » Cameron para líder trabalhista: 'Pelo amor de Deus, homem, vá embora!'
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Cameron pediu que Jeremy Corbyn renuncie ao cargo.

Na terça, líder opositor afirmou que não renunciará ao cargo.


O primeiro-ministro britânico, David Cameron, pediu nesta quarta-feira (29) ao líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn, que renuncie ao cargo, unindo-se à revolta trabalhista, em um gesto e tom de voz pouco comuns, segundo a France Presse.

"Deveria ser do interesse de meu partido que ele ficasse, mas não é do interesse nacional, por isso devo dizer: pelo amor de Deus, homem, vá embora!", afirmou Cameron a Corbyn, em tom irritado, durante a sessão parlamentar de perguntas ao primeiro-ministro.

Corbyn, de 69 anos, no entanto, recusa-se a sair. Na véspera, ele afirmou que não renunciará ao cargo, apesar de ter perdido uma moção de censura por 172 votos contra e 40 a favor por causa do resultado do referendo do Brexit.
A moção não obriga Corbyn, de 69 anos, a abandonar o cargo, já que deve ser ratificada pelos afiliados do partido.

O resultado, porém, coloca em uma situação muito difícil o experiente político socialista, acusado de falta de liderança durante a campanha do referendo.

"Fui eleito democraticamente líder do nosso partido para uma nova forma de fazer política, por 60% dos membros trabalhistas e seus partidários, e não vou traí-los mediante uma renúncia. A votação dos deputados não tem qualquer legitimidade", afirmou Corbyn em um comunicado.

Gastos públicos
Cameron alertou nesta quarta que o Reino Unido enfrentará momentos econômicos complicados por causa da decisão de deixar a União Europeia, mas disse que o governo não abandonará suas regras de limites para os gastos públicos, segundo a Reuters.

"Se nós virmos dificuldades econômicas, um dos caminhos que temos para reagir a isso é garantir que nossas finanças públicas e a economia permaneçam fortes. Então, não acho que seria certo suspender as regras fiscais", acrescentou.

Fonte: http://g1.globo.com/mundo/noticia/2016/06/cameron-para-corbyn-pelo-amor-de-deus-homem-va-embora.html

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+