Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » É verdade que o presidente da Nestlé quer privatizar a água?
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Será verdade que Peter Brabeck-Letmathe, presidente do grupo Nestlé, quer privatizar a água do planeta e transforma-la em um produto como outro qualquer alimento?
A notícia bombástica voltou a circular na web em janeiro de 2015 e afirma que o presidente do grupo alimentício Nestlé – o austríaco Peter Brabeck-Letmathe – teria afirmado que a água deveria ser privatizada e tratada como um produto alimentício qualquer, regido pela lei da oferta e da procura. Brabeck teria dito também que seria necessário privatizar o fornecimento da água para que tomemos consciência de sua importância e acabássemos com os desperdícios!
Será que o presidente da Nestlé disse isso mesmo? A água deveria ser privatizada?

Verdadeiro ou falso?

A notícia não é nova! Apareceu em diversos sites e blogs em janeiro de 2013 e, desde então, volta a circular pela web ano após ano. Em 2015, o assunto veio à tona novamente devido à crise hídrica que assola o país.
O fato é que Peter Brabeck-Letmathe, presidente do grupo Nestlé, fez algumas declarações a respeito do direito à água a todos, em uma entrevista que deu em 2005, mas suas afirmações foram tiradas do contexto e deturpadas de modo a dar a entender que a Nestlé queria toda água do mundo para ela (clique na legenda para ler em português):
[iframe: width=”600″ height=”338″ src=”https://www.youtube.com/embed/5a8qzsM9Kqg” frameborder=”0″ allowfullscreen] 
O próprio Peter explica em um post seu publicado no blog da Nestlé que:

A água que você precisa para a sobrevivência é um direito humano, e deve ser disponibilizada a todos, onde quer que estejam, mesmo que eles não possam se dar ao luxo de pagar por isso. No entanto, também acredito que a água tem um valor. As pessoas que usam a água canalizada para a sua casa para irrigar seu gramado, ou lavar o carro, devem arcar com o custo da infra-estrutura necessária para a sua apresentação.”
Em outra publicação, de 2012, o presidente da Nestlé argumenta que a água está sendo esbanjada e que alguma coisa deve ser feita a respeito! Nada de privatização da água em nenhuma das suas postagens.
Nesse outro vídeo, gravado em um fórum em 2012, Peter Brabeck-Letmathe explica melhor o seu ponto de vista com relação ao desperdício de água no planeta!
Para exemplificar melhor o seu lado da história, o CEO da Nestlé gravou mais esse vídeo, onde ele reafirma que a água é, sim, um direito humano:
[iframe: width=”600″ height=”338″ src=”https://www.youtube.com/embed/-dMA0_cLdeE” frameborder=”0″ allowfullscreen]
E aqui, Peter responde a alguma perguntas relacionadas ao assunto. Segundo ele, a água é um direito de todos, no entanto, ele não acredita que seja justo que mais de dois bilhões de pessoas no mundo não terem sequer um banheiro simples – emais de um bilhão não terem acesso a qualquer tipo de fonte de água potável – enquanto que em outras partes do mundo as pessoas podem usar quantidades excessivas deste recurso precioso e cada vez mais escasso para fins não essenciais, sem ter de suportar um custo para sua infra-estrutura.
Em um artigo publicado no jornal de língua inglesa Huffington Post, em 2013, Peter Brabeck-Letmathe disse que defende a cobrança pelo uso da água para que as pessoas passassem a usar o precioso liquido com mais cuidado e sem desperdício
(algo que já acontece com as companhias de saneamento básico).

Atualização 03/02/2015

Conforme foi muito bem lembrado por diversos leitores, atualmente as companhias de saneamento básico cobram apenas pelo serviço de fornecimento de água e pelo recolhimento do esgoto. A água mesmo, na teoria, não é cobrada! O que Peter Brabeck-Letmathe defende é a cobrança da água também.

Conclusão

O presidente da Nestlé afirmou que suas declarações a respeito do direito à água foram tiradas descontextualizadas, mas disse que apoia a ideia de uma cobrança maior pelo uso da água para que seja reduzido o desperdício. É claro que, como executivo, a ideia da venda do liquido como um produto é bom para os negócios, mas o boato sobre a privatização da água pela Nestlé é um exagero que volta a circular ano após ano!
Fonte: http://www.e-farsas.com/e-verdade-que-o-presidente-da-nestle-quer-privatizar-agua.html

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+