Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Arroz está infectado com vírus e bactérias e pode matar #boato
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Boato – Nova safra de arroz foi infectada com vírus e bactérias que podem levar a morte por estudantes universitários. Governo quer esconder informação.
Em 2015, o texto mais lido do Boatos.org foi o que dizia que o feijão estava infectado e diversas pessoas haviam morrido por causa disso. Agora, em 2016, o feijão ganha uma companhia nos boatos online. Desta vez, um texto aponta que o arroz brasileiro está infectado.
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp
É isso mesmo. Um texto que circula com força pelo WhatsApp e Facebook dá conta que estudantes teriam infectado a nova safra de arroz com “vírus e bactérias” que podem causar a morte. Pior, como o Ministério da Saúde não tem dinheiro para tirar a bactéria, o governo está escondendo a informação. Leia:
ATENÇÃO 
O governo brasileiro está escondendo uma informação da população. A nova safra de arroz referente a colheita do mês de Outubro foi infectada com vírus e bactérias por estudantes universitários em visitas nas plantações. Esses vírus e bactérias causam infecção no estômago podendo levar a morte. O Ministério da Saúde não tem dinheiro para tirar a bacteria dessa safra de arroz.
☑☑ REPASSEM para o maior número de pessoas, não deixe que elas comam arroz das marcas Carreteiro, Máximo, Ouro e Tio João pelos próximos meses. Vamos nos prevenir e denunciar. Parem de comer arroz!

Arroz está infectado com vírus e bactérias e pode matar?

É claro que a história chamou atenção online e muita gente ficou preocupada com a informação. Mas será mesmo que o arroz está contaminado e matando as pessoas? A resposta é não. Vamos aos fatos.
Como você deve imaginar, o próprio caráter da mensagem já denuncia que a história é falsa. Uma leitura já nos faz perceber que, assim como a maioria dos boatos que circulam na internet, ele é um tanto quanto vago. Se você acha que não, olhe quantas perguntas ficam sem resposta no texto:
De onde saiu esta informação? Quais foram os estudantes que infectaram? E como estudantes conseguiram infectar tudo? Quais vírus são? Quais bactérias? Por que o governo prefere autorizar arroz infectado a proibir se não ganha nada com a venda dos produtos e ainda teria que enfrentar uma crise de saúde se fosse verdade?
Tem outras perguntas, mas essas são só para você raciocinar sobre o assunto. Para além disso, há outras informações erradas no texto. A primeira é que o Ministério da Saúde não teria o mínimo de obrigação de tirar uma bactéria do arroz. A Anvisa teria apenas que proibir a venda das tais marcas. E como podemos ver aqui, não há nenhuma proibição ou aleta. Sequer uma notícia sobre o assunto existe.
Além disso, o texto aponta para algumas marcas de forma errônea. Ok, Tio João e Carreteiro (que foi comprada pela Camil) até existem. Agora o arroz “Ouro” seria o “Ouro Branco” e o “Máximo” seria o “Sabor Máximo”. A não ser que existam marcas com esse nome sem um registro sequer na internet.
Junte a tudo que falamos antes com o fato do texto ter muitas características de boatos (caráter alarmista, falta de fontes, pedido de compartilhamento) e temos mais uma história falsa circulando por aí. Pode comer o seu arroz tranquilamente porque não tem problema algum com vírus e bactérias.
Fontes: http://www.boatos.org/saude/arroz-infectado-virus-bacterias.html

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+