Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » FAMOSO INTERNACIONALMENTE COMO BANDIDO: Jornais da América latina, Europa e Estados Unidos falam sobre a detenção de Cunha
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

O jornal português Público foi um dos primeiros veículos internacionais a destacar a prisão de Eduardo Cunha, ex-presidente da Câmara dos Deputados do Brasil.

O diário diz que Eduardo Cunha foi preso nesta quarta-feira (19) em Brasília, depois de ser procurado em sua residência no Rio de Janeiro.

O espanhol El País noticiou a prisão de Eduardo Cunha por envolvimento com o esquema de corrupção da Petrobras
O espanhol El País ressalta que ele é membro do PMDB, mesmo partido do atual presidente Michel Temer.

El País acrescenta que Cunha, que há algumas semanas foi destituído de seu cargo e nesta quarta-feira (19) foi preso por ordem do juiz Sergio Moro, que está investigando seu suposto envolvimento na rede de corrupção que operava na Petrobras.
Suspeita-se que ele tenha recebido cerca de cinco milhões de dólares em operações ilegais.
The Guardian declama em sua manchete que o político brasileiro que conduziu o impeachment de Dilma Rousseff foi preso por corrupção.
O jornal britânico diz que Eduardo Cunha, ex-presidente da câmara que foi cassado do cargo em setembro está sendo investigado por recebimento de propina para liberar recursos da Caixa Econômica Federal, entre outros crimes.
Guardian acrescenta que o político comparado por alguns a Frank Underwood de House of Cards, também é acusado de receber até 116.5 milhões de reais (US $ 37 milhões) em subornos com o esquema chamado lava-jato
O jornal norte-americano The Wall Street Journal diz em sua reportagem sobre a prisão de Eduardo Cunha que o político é acusado de envolvimento no maior escândalo de corrupção da história do país e obstrução da justiça na tentativa de atrapalhar as investigações da lava-jato.
Journal lembra que o ex-deputado foi responsável por orquestrar o impeachment da então presidente Dilma Rousseff do Partido dos Trabalhadores. Cunha também é acusado de receber propina e ter contas no exterior sem declarar.
Le Monde anuncia em sua manchete que o responsável por arquitetar o impeachment de Dilma Rousseff foi preso.
O jornal francês fala que a queda de Eduardo Cunha continua após sua renúncia ao cargo de presidente da Câmara em julho seguida por sua cassação do cargo de deputado em setembro, culminando nesta quarta-feira (19) em sua prisão preventiva.
OMonde acrescenta que o ex-presidente da Câmara dos Deputados é alvo de várias acusações de corrupção dentro do escândalo da Petrobras, além de ter contas secretas na Suíça.
Diário de Notícias, periódico de Portugal, também repercutiu a notícia sobre a prisão do ex-deputado e presidente da Câmara Eduardo Cunha. A reportagem diz que ele foi o principal responsável pelo início do processo de impeachment de Dilma Rousseff.
O site norte-americano Plus 55 afirmou em sua matéria sobre a prisão do ex-deputado que ele foi colocado sob “prisão preventiva” para evitar que interferisse nas investigações da lava-jato. De acordo com a publicação ele poderia destruir evidências que o ligavam a esquemas de corrupção.
Fonte: http://peloamordedeus.com/famoso-internacionalmente-como-bandido-jornais-da-america-latina-europa-e-estados-unidos-falam-sobre-a-detencao-de-cunha/

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+