Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Para Temer, suspensão de Operação Métis foi 'processualmente correta'
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

O presidente ressaltou que o país só terá tranquilidade se for obedecida a Constituição Federal.


O presidente Michel Temer afirmou nesta quinta-feira (27) que a suspensão da Operação Métis pelo ministro Teori Zavascki, do STF (Supremo Tribunal Federal), foi processualmente correta e ressaltou que é preciso acatar as decisões da Suprema Corte.
Em entrevista à imprensa, o peemedebista evitou entrar no mérito da suspensão, mas observou que é necessário respeitar a hierarquia do Poder Judiciário.A decisão anula operação da Polícia Federal autorizada pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal, que prendeu quatro agentes da Polícia Legislativa, o que desagradou o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL).
"Não entro no mérito da decisão, seria pretensão demais. O que posso dizer é que, processualmente, foi uma medida correta. No Judiciário, há uma instância que decide de uma maneira e você recorre à instância superior, que verifica se mantém ou não uma decisão. O ministro Teori resolveu modificar a decisão do juiz do primeiro grau", disse Temer.
O presidente ressaltou que o país só terá tranquilidade se for obedecida a Constituição Federal e que a relação entre as diferentes instâncias do Poder Judiciário "dá estabilidade às instituições"."Sou obediente ao que o STF decidir. Essa é a reverência que faço. Quando há uma decisão, você recorre e a instancia superior ou mantém ou modifica, e é isso que dá estabilidade às instituições", afirmou.
Temer minimizou a troca de ataques entre Renan e a presidente do STF, Cármem Lúcia, e disse que o "ambiente de harmonia" entre os Poderes está "decretado".
Segundo ele, a disputa pública entre ambos não agrediu à Constituição Federal."Eu acho que o ambiente de harmonia já está decretado, digamos assim. Não há nada que pudesse agredir aquilo que a Constituição determina e o que os chefes de Poderes têm falado com muita frequência. Aliás, a ministra invoca a ideia da harmonia e da independência entre os poderes. As questões que vão surgindo vão se resolvendo pouco a pouco pelos instrumentos institucionais", disse.
O presidente disse estar satisfeito com a atuação do ministro Alexandre de Moraes (Justiça), chefe da Polícia Federal e alvo das cíticas de Renan por ter defendido a Operação Métis.
"Muitas vezes, uma pessoa fala uma frase e recebe uma contestação. A nossa tarefa é coordenar e pacificar qualquer relação, seja dentro do Poder Executivo ou mesmo se isso ultrapassar o Executivo", disse em referência à fama de "falastrão" de Moraes. 
Com informações da Folhapress.

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+