Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » A ONU quer que Israel desaparecerá e os judeus a entregar suas terras para a Palestina
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

A ONU convida o Estado de Israel para acabar com a divisão geográfica dos territórios palestinos na "invadiu" a Cisjordânia ...

A ONU convida o Estado de Israel para acabar com a divisão geográfica dos territórios palestinos na "invadido" Cisjordânia. 
"Israel deve permitir à Autoridade Palestiniana para assumir o controle da segurança na Área B eo controlo civil e de segurança área C no fim de acabar com a fragmentação geográfica dos territórios palestinos ocupados , "alertou sexta-feira o porta-voz da Organização das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos na Palestina, Michael Lynk.

De acordo com as Nações Unidas nos territórios palestinos ocupados são divididos em 3 zonas: Um representando cerca de 3% do território e é administrativamente controlado e de segurança da Autoridade Palestina, o B, que reivindica cerca de 30% e é composto por as cidades sob controle administrativo palestino e controle de segurança de Israel, Área C e totalmente controlada pelo governo de Tel Aviv.
A ONU intermediário denuncia Israel a agir como uma "potência colonial" e proibir o direito dos palestinos à autodeterminação.
"O regime discriminatório de Israel minimiza e exclui a participação dos palestinos. Israel deve parar de destruir casas e propriedades até comunidades beduínas, "com força, disse o porta-voz da ONU, de acordo com a entrevista para o diário israelita Jerusalem Post.
Enquanto isso primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, está convencido de que iránão entregar aos palestinos ou um metro quadrado de terra em a Cisjordânia ocupada. 
No entanto Lykn também denunciou em um relatório que o aumento da demolição de casas palestinianas ea proibição de licenças de construção representam "um ambiente coercivo" que aumenta a possibilidade de "transferências forçadas individuais e em massa".
Cerca de metade de um milhão de israelenses vivem em uma cerca de 150 assentamentos ilegais construídos desde a ocupação dos territórios palestinos de a Cisjordânia e Al-Quds (Jerusalém) na Guerra dos 6 Dias em 1967 
Esses sites israelenses nos territórios palestinos são chamados "ilegal" de acordo com a ONU, a União Europeia (UE) e outros países desde a Convenção de Genebra proíbe também edifício em terra "invadido".

Fonte: Notícias Fin

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+