Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Lava Jato denuncia Lula sob suspeita ligada à Odebrecht
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

É a primeira vez que o ex-presidente é acusado formalmente por relações com a Odebrecht pela força-tarefa.

A força-tarefa da Operação Lava Jato apresentou nova denúncia nesta quinta-feira (15) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sob acusação de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro relacionada à empreiteira Odebrecht.É a terceira denúncia de Lula no âmbito da Lava Jato e a quinta dele neste ano -também foi acusado nas operações Zelotes e Janus.

É a primeira vez que o ex-presidente é acusado formalmente por relações com a Odebrecht pela força-tarefa.
Além dele, foram denunciadas oito pessoas, incluindo a ex-primeira-dama Marisa Letícia, o empreiteiro Marcelo Odebrecht e o ex-ministro Antonio Palocci.
Segundo os procuradores, parte das propinas pagas pela Odebrecht em contratos da Petrobras foi destinada para a aquisição de um terreno na zona sul de São Paulo onde seria construída a sede do Instituto Lula.
A denúncia também sustenta que foi adquirido com os valores um apartamento vizinho à cobertura onde mora o ex-presidente, em São Bernardo do Campo (SP).O imóvel está no nome de Glaucos da Costamarques, que, para a acusação, "atuou como testa de ferro de Lula, em transação concebida por Roberto Teixeira", advogado e compadre do ex-presidente. Os dois também foram denunciados.
OUTRO LADO
O Instituto Lula divulgou nota afirmando que o procurador Deltan Dallagnol, que coordena a Lava Jato, inventou "nova história na sua busca obsessiva de tentar retratar o ex-presidente como responsável pelos desvios na Petrobras".
"Após um apartamento que nunca foi de Lula no Guarujá, entra a acusação de um apartamento que também não é de Lula, pelo qual sua família paga aluguel pelo uso, e um terreno que não é, nem nunca foi, do Instituto Lula, onde aliás o atual proprietário hoje constrói uma revendedora de automóveis."
A nota afirma que a denúncia "repete maluquices da coletiva do Power Point", em referência a uma apresentação de slides de Dallagnol, em setembro, em que o procurador acusou o petista de chefiar o petrolão.
"[É] um festival de ilegalidades, arbitrariedades e inconformismo diante da realidade: mesmo com uma devassa completa na vida de Lula, não encontraram nenhum desvio de conduta do ex-presidente."
A defesa sustenta que testemunhas que já depuseram na ação penal relativa ao apartamento tríplex negaram relação do ex-presidente com crimes na Petrobras. 
Com informações da Folhapress.

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+