Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Trump desfaz 'gelo' de Obama e recebe presidente do Egito
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Abdel Fattah al Sisi é acusado de violar direitos humanos

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, recebeu nesta segunda-feira (3), em Washington, seu homólogo do Egito, Abdel Fattah al Sisi, um aliado fundamental no combate ao terrorismo islâmico.
Essa foi a primeira visita de Sisi à Casa Branca após ele, então chefe das Forças Armadas, ter deposto o presidente Mohamed Morsi em um golpe militar, em julho de 2013.
Apesar da histórica proximidade com os EUA, as denúncias de violação dos direitos humanos esfriaram as relações entre Washington e Cairo durante o mandato de Barack Obama, que congelou as ajudas militares ao país africano.
Contudo, pelo encontro desta segunda-feira, a fase de desavenças parece ter ficado para trás. "Estados Unidos e Egito combaterão o terrorismo juntos", garantiu Trump no Salão Oval, pouco depois de ter apertado a mão de Sisi, gesto que não dedicara à chanceler da Alemanha, Angela Merkel, em sua recente viagem aos EUA.
Já o líder egípcio disse apreciar "profundamente" a personalidade "única" do republicano, principalmente seu "forte apoio" à luta contra o terror. Antes do encontro, a Casa Branca havia dito que os temas em debate seriam o combate ao Estado Islâmico (EI) e as crises no Oriente Médio e que a questão dos direitos humanos seria tratada "de maneira mais discreta".
"Quero que se saiba, caso haja dúvidas, que apoiamos muito o presidente Sisi e o povo egípcio. Sisi fez um trabalho fantástico em uma situação muito difícil", acrescentou Trump, cujo objetivo é aumentar a pressão militar sobre o EI e levar mais estabilidade ao Oriente Médio - na Síria, Sisi defende o presidente Bashar al Assad, assim como a Rússia.
Além de já ter recebido o príncipe saudita Mohammed bin Salman, o presidente dos EUA acolherá na próxima quarta-feira (5) o rei da Jordânia, Abdullah II, marcando uma clara inversão de rota em favor do "fronte sunita", do qual Obama havia se distanciado.
Já Sisi embarcou para Washington com três metas: conseguir mais respeito, mais dinheiro e mais armas. Segundo fontes confidenciais, ele pretende obter um aumento de US$ 1,3 bilhão na ajuda militar que o Egito recebe dos EUA todos os anos.
O presidente também quer que a Casa Branca defina a Irmandade Muçulmana, partido declarado ilegal pela Justiça e que apoiava Morsi, como uma "organização terrorista". "Convidar Sisi para uma visita oficial a Washington enquanto dezenas de milhares de egípcios apodrecem na prisão e enquanto a tortura está novamente na ordem do dia é um modo estranho de construir uma relação estratégica estável", disse a ONG Human Rights Watch. (ANSA)
Fonte:https://www.noticiasaominuto.com.br/mundo/368258/trump-desfaz-gelo-de-obama-e-recebe-presidente-do-egito

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+