Select Menu

TRADUZIR ESTE SITE

Web Rádio Gospel Adoração

» » Advogado deve apresentar defesa de Temer à CCJ nesta quarta-feira
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Criminalista explicou que sua peça tem cerca de 100 página e alegará que a gravação da conversa entre o presidente e o empresário Joesley Batista é ilegal

Depois de ser denunciado por corrupção passiva pela Procuradoria-Geral da República, Michel Temer foi notificado sobre o processo, pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e agora prepara sua defesa, a ser apresentada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, a quem primeiro caberá avaliar se o processo deve seguir, ou não, para o plenário, onde então será votado pelos parlamentares.

Temer terá até dez sessões do plenário da Câmara para enviar a sua defesa, prazo que começará a ser contado, provavelmente, a partir desta terça-feira (4), mas o advogado do presidente, Antônio Cláudio Mariz de Oliveira, deve apresentá-la já nesta quarta-feira (5).
Em entrevista, o criminalista explicou que sua peça tem cerca de 100 página e alegará que a gravação da conversa entre Temer e o empresário Joesley Batista, durante encontro no Palácio do Jaburu, é ilegal e não compromete o presidente.
O áudio, que consta na delação da JBS, é a principal prova apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, contra o Temer. No diálogo, o presidente cita o seu ex-assessor especial Rocha Loures (PMDB-PR) como homem de confiança. Loures foi filmado recebendo uma mala contendo R$ 500 mil de propina, paga pela JBS.
De acordo com informações do portal G1, o advogado desafiará Janot a apresentar algum indício de que Temer era beneficiário desse dinheiro, entregue em uma pizzaria de São Paulo.
A etapa na CCJ deve ocorrer no prazo de até cinco sessões do plenário, mas os integrantes da comissão podem pedir vista do processo, por duas sessões plenárias, antes de discutir e votar o parecer.
Caso a maioria dos 62 membros do colegiado decida pelo andamento do processo, a denúncia segue para a votação nominal dos deputados, no plenário da Câmara. Se 342 dos 513 parlamentares votarem pelo prosseguimento da denúncia, será autorizada a instauração do processo no Poder Judiciário.
Em caso de recusa, o efeito ainda é incerto, segundo a assessoria de imprensa do Supremo Tribunal Federal (STF), e pode ser definido pelos ministros ao analisar esse caso específico.
Fonte: https://www.noticiasaominuto.com.br/politica/410615/advogado-deve-apresentar-defesa-detemer-a-ccj-nesta-quarta-feira

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Ocorreu um erro neste gadget

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+