Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » Jovem é torturado e ameaçado, mas não abre mão da fé
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

“Eu não temo a morte, não vou parar de pregar a Cristo”, afirma.


Num país de tradições hindu, se converter ao cristianismo é ter a consciência de que a perseguição fará parte do seu dia-a-dia. Na Índia, a intolerância religiosa é muito opressora e nem mesmo dentro da própria família o cristão convertido está livre de ataques. É o que vem acontecendo com o jovem Shikhar desde que se entregou a fé cristã.
O jovem se converteu no ano de 2012 e desde então enfrenta grandes dificuldades. Nem mesmo a condição física de Shikhar, que é portador de necessidades especiais, comoveu sua família. Após se decidir por Cristo, o jovem foi torturado e expulso de casa, mas apesar dos insultos e agressões, preferiu retornar, pois entendia que precisava falar de Deus para seus pais e irmãos.
“Quando cheguei a Cristo, eu era o único cristão em minha família. Minha família ficou chocada e disse que tinham feito uma lavagem cerebral em mim. Sofri ameaças e agressões”, conta. “Meu irmão me procurava na igreja ou onde eu estivesse para me bater e me intimidar. Às vezes ele só me chutava sem qualquer motivo e depois ia embora”, relatou com tristeza.
Além de todas as lutas, Shikhar ainda sofreu um sério acidente de ônibus, e teve que ficar internado por mais de 20 dias. Ele teve ferimentos nas costas e no pescoço. Nenhum de seus parentes o visitou. Nem mesmo no hospital ele recebeu o tratamento adequado, nem comida recebia.
“Minha família estava contra mim. Eles foram ao hospital e instruíram o pessoal da cozinha para não me darem comida, porque eu havia traído minha fé hindu. Eles disseram que isso me ensinaria uma grande lição. Durante as refeições, a equipe da cozinha me ignorava e dava comida para todos, menos para mim. Reclamei com as enfermeiras e os médicos, mas nos hospitais do governo indiano, as instalações são escassas e os médicos e a equipe são descuidados. Se você tem alguma divergência com a equipe da cozinha, isso é problema seu”, lembrou.
O jovem conta que chorava muito durante esse período e que o único que levava comida para ele era seu pastor, que também era muito pobre. O quadro mudou quando uma equipe da Missão Portas Abertas o localizou e ofereceu ajuda. Depois disso o jovem se recuperou e recebeu alta.

Direitos negados

Mas a vida continuou difícil. Shikhar vive com menos de 1.600 rúpias por mês, o equivalente a R$88 reais mensais. Pela lei Indiana ele teria direito a receber terras e uma casa do governo, por causa de sua condição física e financeira, mas nem isso é respeitado nos pais. O jovem foi informado que só receberia seu direito se deixasse o cristianismo.

Ameaça de Morte

Recentemente chegou a ser ameaçado de morte, mas resistiu firme. “Alguns meses atrás, enquanto eu estava andando no meu riquixá (ônibus), um aldeão local que era um extremista hindu veio até mim e me disse que se eu continuasse pregando sobre Jesus ele me mataria e me jogaria no rio da aldeia. Não sei o que me deu coragem, mas respondi: ‘Se você acha que o que estou fazendo é um crime, pode me matar por isso. Eu não temo a morte, não vou parar de pregar a Cristo’. Essa pessoa ficou sem palavras”, contou.
De acordo com Shikhar, a palavra de Deus dá força para ele se manter firme diante da perseguição.
Fonte: https://noticias.gospelprime.com.br/jovem-e-torturado-e-ameacado-mas-nao-abre-mao-da-fe/

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Seguidores do site pelo Google+