Select Menu

OUÇA OS LOUVORES

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Bitcoin

Cotação Ouro

Cotação Euro

Cotação Dólar

» » Cuidado com as cebolas; elas curam gripes e absorvem bactérias e são venenosas ! Verdade ou Boatos?
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Boato – Cuidado com as cebolas. Elas absorvem bactérias, ajudam a curar a gripe e são venenosas. História de 1919 em fazenda comprova tese.
Seguindo a nossa saga de ter que desmentir boatos que se modificaram, vamos falar sobre um assunto que tem muito a ver com alimentação e saúde. De acordo com um texto que voltou a circular na internet, é preciso ter cuidado com as cebolas. O motivo? Elas absorvem bactérias como, por exemplo, a da gripe.
Para comprovar a tese, o texto conta uma história de 1919. De acordo com o “causo”, um médico descobriu que a esposa de um fazendeiro tinha o segredo para ninguém pegar gripe: cortar uma cebola e colocar em todos os cômodos da casa. Com base nisso, o texto chega à conclusão de que a cebola absorve as bactérias e não devem ser consumidas depois de cortadas. Leia o texto completo (alerta textão):
Cuidado com as cebolas. Em 1919, a gripe matou 40 milhões de pessoas. Um médico visitou os agricultores, que tiveram o ataque, para ver se poderia ajudá-los a combater a gripe. Muitos dos agricultores e suas famílias, que haviam contraído a gripe, morreram. No entanto, o médico conheceu um fazendeiro cuja família era saudável e ninguém na casa pegou a gripe. O médico perguntou ao agricultor o que ele estava fazendo que era diferente dos outros. A esposa do fazendeiro respondeu que ela cortou uma cebola com casca em um prato e colocou em todos os cômodos de sua casa. O médico pensou que poderia ter sido a cura, então ele pediu uma dessas cebolas. * Quando a colocou sob o microscópio, ele encontrou nela o vírus da gripe. * As cebolas, obviamente, absorveram todas as bactérias e, portanto, mantiveram a família saudável. Enviei esta história para um amigo no Oregon que regularmente me dá material sobre questões de saúde. Ele me respondeu com esta interessante experiência sobre as cebolas: Ele disse: Obrigado pelo lembrete. Não conheço a história do agricultor, mas sei que também tive pneumonia e fiquei muito doente. Do meu conhecimento anterior de cebolas, cortei as duas pontas de uma cebola, a coloquei em um jarro vazio, e o coloquei ao meu lado durante a noite. De manhã, comecei a me sentir melhor, enquanto a cebola ficava preta. Muitas vezes quando temos problemas de estômago, não sabemos a que culpar. Talvez as cebolas que comemos antes, sejam as culpadas.
* Cebola ABSORVE BACTERIA * e essa é a razão pela qual elas são tão boas em nos impedir de pegar * gripes e resfriados * * E, por essa razão, NÃO devemos comer uma cebola que esteja descansando por um tempo depois de cortada. * Restos de cebola são venenosos. Quando uma intoxicação alimentar é relatada, a primeira coisa que as autoridades procuram é se a “vítima” comeu CEBOLAS e de onde vieram essas cebolas. Muito provavelmente, as *CEBOLAS* são a causa. * As cebolas são enormes ímãs para bactérias, especialmente as cruas . * Nunca guarde uma porção de cebola em fatias por um período de tempo e depois use-a na preparação de alimentos. * * Não é seguro nem mesmo se você armazenar a cebola em um saco com zíper e colocá-la na geladeira. Ainda é venenoso * Além disso, não dê cebolas para os cães. Seus estômagos não podem metabolizar cebolas. * Lembre-se que é perigoso cortar uma cebola, usar a metade e guardar a outra para cozinhar no dia seguinte. Esta segunda metade torna-se altamente venenosa, mesmo em uma única noite, porque cria bactérias tóxicas que causam infecções estomacais adversas devido às secreções biliares em excesso, tornando os alimentos envenenados. * Sempre que cortar uma cebola e usar só a metade, coloque a outra metade em algum ponto de sua casa, de preferência nos quartos, para que absorvam possíveis bactérias! Deixe o maior número possível de pessoas saberem. Compartilhe!

Cebolas absorvem bactérias, é preciso cuidado e são venenosas?

Eita história que não se cansa de circular na internet. Pela terceira vez estamos aqui para falar de uma “interpretação” da lenda da cebola e do fazendeiro. E se estamos aqui para falar no assunto, você já deve imaginar que a história é falsa. Para você entender tudo, vamos aos fatos.
Como de “tradição”, não vamos perder muito tempo com boatos já desmentidos. As únicas diferenças dos desmentidos de 2013 e 2017 para o de hoje é a “moral da história” que circulou online e a primeira frase do texto.
Em 2013, foi a mensagem central é que “cebola previne gripe” e a primeira frase era “Taí uma coisa que nós fazemos e é tão perigosa! CEBOLAS! Eu nunca tinha ouvido essa!”. Em 2017, o foco estava nas “cebolas cortadas” e a primeira frase era a mesma. Neste ano, o assunto e a primeira frase são “Cuidado com as cebolas”. De resto, o texto e os motivos são rigorosamente iguais aos das outras situações. Por isso, confere aí embaixo:
2013: Vamos aos fatos: o texto não cita muitos detalhes fiáveis. Não diz onde aconteceu esta história, quem era o médico e quem era o pneumologista que comprovou a tese da cebola como imã de bactérias. Em uma época que o mundo estava sendo assolado por uma pandemia, com certeza essas pessoas ficariam famosas como, por exemplo, Oswaldo Cruz,que difundiu a vacina contra febre amarela no Brasil.
A mensagem também tem alguns erros de português e, principalmente, de concordância. Pior do que isso, o texto fala sobre “bactéria da gripe”. Na realidade, a gripe é uma doença causada por um agente viral, como pode ser visto no site do médico Dráuzio Varella. Isso mostra que o texto não foi escrito por um especialista. Ao buscar alguma referência sobre a eficácia da cebola contra a gripe, não se encontra nenhum resultado. Uma matéria da Veja cita, inclusive, que comer cebola para prevenir gripe é mito.
2017: Focando só na parte do “perigo da cebola”, podemos afirmar com base em três pontos que a história é falsa. O primeiro é que o texto não tem muita coerência. Qual a relação causa-consequência da história de 1919 e a cebola ser fatal? Mesmo que o conto fosse verdadeiro (e não é), uma coisa não tem nada a ver com outra.
O segundo ponto está no número de mortes causadas por uma cebola cortada e consumida posteriormente. Sabe quantos casos existem no mundo relatados? Se você falou nenhum, acertou. Se você acredita que isso significa que o perigo não é tão grande assim, também acertou. Junte isso a um texto que não tem autoria e que “pede compartilhamento” (características de boatos) e temos mais uma balela.
Resumindo: apesar de a mensagem que fala “cuidado com as cebolas” estar viralizando na internet, ela nada mais é do que um texto já desmentido por duas oportunidades aqui no Boatos.org. Ou seja: comprovadamente falso. Se você gosta do sabor da cebola (que não é o caso desse editor que vos fala), pode consumir à vontade.
Fonte: http://www.boatos.org/saude/cuidado-cebolas-absorvem-bacterias.html

Autor CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Você edita-lo, no html
«
Proxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Publicidade

Família grande projeto de Deus

Seguidores

Quem sou eu

Minha foto
CULTO ABENÇOADO NO SEU LAR LAR
Visualizar meu perfil completo

Seguidores do site pelo Google+