Louvores que Tocam

PUBLICIDADE

Entretenimentos-Notícias-Estudos Bíblicos-Teatros Infantil-Dinâmicas-Peças Gospel Infantil-Dicas de Informática-Mensagens: Dias dos pais - louvores e muito mais!

TRADUZIR ESTE SITE

Curada pela Fé: Como recuperei-me milagrosamente de uma doença terminal?

sábado, 22 de junho de 2019


Descobrindo minha doença terminal, caindo no desespero

Em outubro de 2016, comecei a sofrer de uremia e, após passar por exames em vários hospitais bem conhecidos em Pequim, fui diagnosticada com uma doença renal grave.
 Existiam apenas dois tratamentos para me manter viva: um era um transplante de rim e o outro era a diálise. Esse diagnóstico foi, nada menos, que uma sentença de morte para mim. Um transplante de rim custava muito mais do que eu poderia pagar como uma trabalhadora comum, então, nem ousei pensar sobre isso.
 A diálise, por outro lado, custaria mais de 600 yuans por tratamento, e eu precisaria de diálise três vezes por semana, o que significava que eu gastaria quase todo o salário mensal do meu marido a cada semana e, a longo prazo, nossas economias não suportariam esse nível de despesas por muito tempo. Eu não podia pagar o custo desses dois tratamentos. Sem outra escolha, eu confiava apenas na medicina chinesa para aliviar a dor.
Enquanto utilizava a medicina chinesa, eu também continuava implorando e orando a Deus, confiando Nele como meu único sustento e esperança, aguardando com desespero que Ele me curasse. Mas depois de algum tempo, em vez de melhorar, minha doença piorou. Eu pensei:
 “Deus ama o homem e pode ressuscitar os mortos e, nas mãos Dele, minha doença é uma questão simples. Mas, por que minha condição não melhorou mesmo com a minha oração a Deus? E eu sofri e trabalhei bastante no passado, por que Deus não se lembra disso e cura minha doença?”

Confortada pela palavra de Deus em meu sofrimento

Eu vivia a dor de sofrer por minha doença e reclamar contra Deus. Eu estava infeliz e não sabia como vivenciar minha situação. Em minha fraqueza, eu só conseguia me colocar diante de Deus para orar, contar a Ele sobre minha dor e pedir que Ele me guiasse e me ajudasse a entender Sua vontade presente nessas circunstâncias.
Mais tarde, eu li as palavras de Deus: “A fé das pessoas é exigida quando algo não pode ser visto a olho nu, e sua fé é exigida quando você não consegue abrir mão de suas próprias noções. Quando você não tem clareza a respeito da obra de Deus, o que é exigido é sua fé e que você assuma uma posição firme e seja testemunha. Quando Jó chegou a esse ponto, Deus lhe apareceu e falou com ele.
” Depois de ler as palavras de Deus, entendi que o tormento da minha doença era Deus inspecionando minha fé e vendo se eu podia permanecer firme e testemunhar. Ele estava vendo se eu não reclamaria e não compreenderia mal, quando Seus atos não estivessem claros para mim e meu corpo estivesse sofrendo. Assim como Jó perdeu sua grande fortuna, seus dez filhos e ficou com seu corpo coberto de feridas, mas sua lealdade a Deus não mudou. Ele permaneceu firme e deu um testemunho bonito e ressonante, bem como humilhou Satanás e causou a sua derrota.
 A fé de Jó foi verdadeira. Mas quando fiquei doente, orei a Deus e não fui curada, comecei a me queixar e não tive fé. Eu agi de forma oposta a Jó. Agradeci a Deus por me guiar com Suas palavras em minha fraqueza e usar o exemplo de Jó para apontar o caminho da prática, para que eu não perdesse a fé Nele, nem O negasse. 
Senti-me muito encorajada e desejei seguir o exemplo de Jó, isto é, não perder a fé por causa da minha doença, permanecer firme e testemunhar.

Doente e sem dinheiro para o tratamento, fiquei sem opções

Quinze dias depois, quando fui ao hospital para outro exame, o médico analisou meu prontuário e minha condição clínica e me disse que minha vida estaria em risco, se eu continuasse atrasando o tratamento. Ele me disse para pegar o reembolso da taxa de registro e começar logo a diálise. Depois de ouvir o médico, fiquei em conflito.
 Sem diálise, minha condição continuaria a se deteriorar e eu morreria, mas eu não tinha como pagar o tratamento. Meus parentes e amigos sabiam que eu tinha uremia, e que os custos do tratamento não tinham fim, por isso todos ficaram longe. 
O peso do sofrimento, a ameaça da morte e minhas restrições financeiras pesaram sobre meu coração com desesperança e tristeza! Fiquei entorpecida no banco do corredor do hospital, sentindo-me fraca e incapaz de parar de clamar a Deus: “Deus! Minha vida está mesmo chegando ao fim? Eu estou me tratando com a medicina chinesa todo esse tempo, sem interrupção, e rezando a Ti todos os dias, mas apesar disso, minha condição não melhorou, ela piorou. Deus, eu não sei o que fazer agora, e peço a Tua iluminação para que eu possa entender a Tua vontade.”
Depois de orar, fiquei um pouco mais calma. Eu pensei de uma passagem das palavras de Deus: “Hoje, existem ainda aqueles que creem em Deus em letras, em doutrinas vazias. Elas não têm consciência de que sua crença em Deus não tem substância e que são incapazes de ganhar a aprovação de Deus, e elas ainda oram por paz e graça suficiente de Deus. 
Devíamos parar e perguntar a nós mesmos: Acreditar em Deus poderia realmente ser a coisa mais fácil neste mundo? Acreditar em Deus significa nada mais que receber muita graça de Deus? As pessoas que creem em Deus, mas não O conhecem, e acreditam em Deus, mas se opõem a Ele, podem realmente cumprir os desejos de Deus?” 
Diante das palavras de Deus, senti muita vergonha. Percebi que acreditava em Deus apenas para obter bênçãos, em vez de obter a aprovação Dele. Deus requer que nós O amemos com todo nosso coração, alma e esforço. Ele quer que nós o agrademos com um coração puro, sejamos capazes de ouvir e praticar Suas palavras. Mas desde que comecei a crer Nele, eu trabalhava e me gastava para espalhar o evangelho, e utilizava tudo isso como capital para conseguir bênçãos maiores de Deus. 
Eu estava apenas me satisfazendo, para alcançar o propósito de obter bênçãos. Portanto, quando os resultados do meu sofrimento não foram bênçãos de Deus, mas, sim, uma doença, fiquei desanimada e reclamei contra Ele. O que causou isso foram minhas noções erradas sobre Deus.
 Pensei em como Jó perdeu sua grande fortuna e ficou coberto de feridas, mas ainda foi capaz de dar o seguinte testemunho: “Receberemos de Deus o bem, e não receberemos o mal?” (Jó 2:10). Pedro também foi crucificado de cabeça para baixo e morreu obedecendo a Deus. Ambos foram capazes de deixar de lado seus próprios interesses para satisfazer, obedecer e temer a Deus.
 Eles eram pessoas que realmente tinham fé em Deus e davam testemunho Dele. Eu não tinha fé em Deus para dar atenção à vontade Dele, para cumprir meus deveres como ser criado, ou para satisfazer as exigências de Deus, mas, em vez disso, eu queria negociar com Ele, na tentativa de obter mais benefícios. Essas buscas e visões estavam incorretas de forma absoluta, e eram muito egoístas! 
Quanto mais pensava, mais eu sentia que estava em dívida com Deus. Eu acreditava em Deus há anos e já tinha lido grande parte da palavra Dele, mas eu não era capaz de praticar a palavra de Deus. Eu era verdadeiramente indigna da salvação de Deus para mim ou para viver na presença de Dele.
 Eu pensei em outra passagem das palavras de Deus: “Quando encara sofrimentos, você deve ser capaz de não considerar a carne e de não se queixar de Deus. Quando Deus Se esconde de você, você deve ser capaz de ter fé para segui-Lo e manter seu antigo amor sem permitir que fraqueje ou desapareça. Não importa o que Deus faça, você deve se submeter ao Seu desígnio e estar mais disposto a amaldiçoar sua própria carne do que se queixar Dele. 
Quando encara provações, você deve satisfazer Deus apesar de qualquer relutância em se afastar de algo que você ama ou de chorar amargamente. Somente isso pode ser chamado de verdadeiro amor e fé.” As palavras de Deus foram mesmo uma provisão oportuna, porque me fizeram entender que minha fé não será sincera, se eu seguir a Deus apenas em circunstâncias confortáveis. 
Tal amor por Deus não pode resistir às provações. As circunstâncias difíceis sempre revelam nossa verdadeira estatura espiritual. Somente as pessoas que realmente creem em Deus e praticam Suas palavras estão dispostas a sofrer para satisfazê-Lo, não importando as circunstâncias. Elas podem produzir um testemunho sincero e são pessoas que Deus quer salvar. As palavras de Deus me deram uma direção clara. Eu estava pronta para mudar meus pontos de vista equivocados, abandonar meu desejo por bênçãos e buscar satisfazer a Deus de verdade. 
Eu ficaria grata por cada dia de vida que Deus me concedesse, e se Ele quisesse minha morte, isso também seria Sua justiça. Quando eu entendi essas coisas, parei de sentir a pressão de minha grave doença, e fiquei muito mais relaxada e livre.
Então, eu orei a Deus em meu coração com fervor: “Deus! Obrigada por Sua iluminação e esclarecimento. Embora eu tenha Te seguido por muitos anos, só agora vi minhas ideias equivocadas sobre a busca.
 Se não fosse por essa doença, eu nunca saberia que o que gastei e o preço que paguei por Ti tinham como intenção fazer negócios Contigo. Desejo agora deixar minhas buscas erradas, colocar minha vida em Tuas mãos e submeter-me às Tuas orquestrações. Eu sei que Teu amor e salvação estão presentes em tudo que Tu fazes por mim! 
Desejo seguir os exemplos de Jó e Pedro, submeter-me às Tuas orquestrações e arranjos e nunca reclamar. Mesmo que seja necessário morrer, nunca Te trairei, permanecerei firme, darei testemunho de Ti e humilharei a Satanás. Amém!” Depois que orei, me senti muito mais segura.

Entendendo as orquestrações de Deus, sem me preocupar mais com a diálise

Quando voltei para casa, orei outra vez para contar a Deus sobre minha condição e dizer que estava disposta a deixar que Deus me guiasse, dizer que eu me submeteria, mesmo que isso significasse minha morte, e que eu não faria mais exigências irracionais a Deus. Depois de orar, pensei nessas palavras de Deus:
 “De tudo o que ocorre no universo, não há nada sobre o que Eu não tenha a palavra final. O que existe que não esteja em Minhas mãos?” “Deus é responsável por toda e qualquer vida humana e é responsável até o fim. Deus provê a você, mesmo se você tiver ficado doente pelo ambiente destruído por Satanás, ou afetado pela poluição ou sofrido qualquer outro dano, isso não importa; Deus provê a você e Ele deixará você continuar a viver. Vocês têm fé nisso? (Sim.) 
Deus não aceita a perda da vida humana levianamente.” As palavras de Deus me deram grande consolo. Deus governa sobre tudo. Minha vida e minha morte estavam nas mãos de Deus, e se Ele não permitisse, eu não morreria, mas se minha vida estivesse no fim, nenhuma quantia de dinheiro poderia me salvar. Nenhum humano poderia fazer nada a respeito, nem mesmo o médico. 
Embora eu tivesse uremia, que é difícil de curar, se Deus não me permitisse morrer, eu não morreria, tendo dinheiro ou não. Eu deveria ter fé nesse fato. Neste momento, eu só queria confiar em Deus e obedecer às orquestrações e arranjos Dele.
Depois que me submeti, ouvi durante um encontro casual com um colega paciente que, se eu voltasse para minha cidade de origem, o custo de cada tratamento seria de cerca de 200 yuans. Eu fiz as contas e somando nossas economias com o salário do meu marido, eu podia pagar o tratamento por um tempo.
 Eu levei este assunto diante de Deus e orei. A oração me fez sentir muito segura, e depois que falei com meu marido, voltamos para nossa cidade natal. Fiquei surpresa ao descobrir que, desde o dia em que comecei a diálise, ela passou a ser gratuita. Eu sabia que isso não era coincidência, mas que Deus havia aberto o caminho para mim.
 Deus diz: “Desde o dia em que o homem veio ao mundo, Deus está firme em Sua obra, gerenciando este universo e direcionando as mudanças e os movimentos de todas as coisas. Como todas as coisas, o homem, silenciosa e inconscientemente, recebe de Deus o sustento da doçura, da chuva e do orvalho. Como todas as coisas, o homem vive inconscientemente sob o comando da mão de Deus.
 O coração e o espírito do homem são guardados na mão de Deus e toda a vida do homem é observada pelos olhos de Deus. Não importa se você acredita nisso ou não, todas e cada uma das coisas, vivas ou mortas, vão se transformar, mudar, se renovar e desaparecer de acordo com os pensamentos de Deus.
 É assim que Deus governa todas as coisas.” Deus criou tudo, governa a existência para todas as coisas, vivas e sem vida, e tudo está contido nas orquestrações e arranjos de Deus. Todos os pensamentos e ideias, todos os movimentos e todas as situações da vida também estão sujeitos à observação de Deus.
 Quando minha doença não me limitava mais e eu estava disposta a parar de negociar com Deus e a obedecer às Suas orquestrações, Ele arrumou pessoas, assuntos e coisas para me ajudar, para que eu pudesse obter diálise sem gastar dinheiro. Senti que Deus estava ao meu lado em todos os momentos, cuidando da minha fraqueza, guiando-me, ajudando-me e abrindo o caminho para mim.

Minha doença terminal foi curada de forma milagrosa e repentina, gratidão sem limites

Quando cheguei ao laboratório de diálise, vi muitos pacientes atormentados pela doença, com os rostos tão sombrios quanto o meu e sofrendo da mesma fraqueza e desamparo que eu sentia. Minha condição era a mais séria de todas, mas fiquei surpresa ao descobrir que me recuperei mais rápido do que todos os outros.
 Em apenas alguns meses, minha condição melhorou e eu engordei. A enfermeira-chefe disse que eu estava radiante, e todos que me conheciam disseram que eu parecia uma pessoa diferente. Um homem que acompanhava sua esposa na diálise me perguntou com curiosidade: “Qual suplemento você está tomando? 
Você se recuperou muito bem e está com um brilho saudável no rosto!” Eu disse: “Eu não tomei suplementos e não gosto de comer carne e ovos. Só estou viva hoje pela graça de Deus!” Então meu coração se encheu de gratidão a Deus! Eu sabia que isso era a misericórdia e a salvação Dele!
Deus diz: “Deus Todo-Poderoso é um médico onipotente! Habitar a enfermidade é estar doente, mas habitar o espírito é estar bem.” “O que Deus faz é converter palavras à fé, ao amor e à vida.” “Nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus” (Mateus 4:4). 
Quando contemplo as palavras de Deus e me lembro de como Ele me guiou para a cura da minha doença, choro diversas vezes de infinita gratidão diante de Deus! Foram as palavras de Deus que me deram orientação no momento certo para me permitir permanecer firme diante de minha doença monstruosa. 
Quando eu estava extremamente doente e fraca, as palavras de Deus me davam fé. Quando o médico disse que eu estava muito doente e que poderia morrer a qualquer momento, quando eu estava desesperada, Deus usou Suas palavras para me guiar e me dizer que minha visão da crença em Deus para obter bênçãos estava errada. Quando me voltei para Deus e estava disposta a obedecê-Lo, Ele providenciou pessoas, assuntos e coisas para me curarem, e minha uremia severa sarou por milagre. Essa experiência incomum me fez sentir de verdade que é muito importante crer em Deus e praticar Suas palavras. 
As palavras Dele têm autoridade e poder, elas podem curar todas as nossas doenças carnais e espirituais, e a maior bênção que Deus nos deu é nos permitir ganhar a verdade como vida. Tudo o que Deus faz é amor e salvação para nós.
Hoje, minha saúde está melhorando, e assumi deveres na igreja. Eu valorizo mais do que nunca a segunda vida que Deus me concedeu. Todos os dias, eu posso olhar para esse mundo verde e desfrutar das coisas que Ele criou e da provisão abundante das palavras de Deus, e posso fazer minha parte para difundir o evangelho Dele. Eu acho que sou a pessoa mais abençoada do mundo! 
Diante do futuro, desejo fazer o meu melhor em meus deveres para testemunhar a obra que Deus fez em mim e Sua salvação para mais pessoas, retribuindo o amor de Deus. Glória a Deus!

0 Comments:

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Quem sou eu

Minha foto
Diac. Marco Aurélio
Visualizar meu perfil completo



Direito

Direitos Autorais Você é livre para reproduzir os artigos desse blog em qualquer meio de comunicação, contudo, não deve infringir a lei de direitos autorais 9.610, sancionada em Fev. de 1998. As reproduções devem conter autores do artigo e endereço do blog. Os que são de Cristo cumprem.

Visitas vários países

VISITAS ONLINE GEOGIVITES
contador de visitas

FANPAGE - AnniaFotografia

Descrição da Imagem

Seguidores pelo Face

Annia Fotografia - Site

Descrição da Imagem

FANPAGE DESIGNER BRYAN

Descrição da Imagem

Siga-nos