Entretenimentos-Notícias-Estudos Bíblicos-Teatros Infantil-Dinâmicas-Peças Gospel Infantil-Dicas de Informática-Mensagens: Dias dos pais - louvores e muito mais!

Clique no player pra ouvir os louvores

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Devemos orar , evangelizar e estendermos nossas mãos pra ajudá-los ou só orar , evangelizar e deixar que Deus faça tudo













Observe a ação nesta imagem acima, e reflita.

 Devemos orar , evangelizar e estendermos nossas mãos pra ajudá-los ou só orar , evangelizar e deixar que Deus faça tudo?

Será que apenas orar e evangelizar resolveria essa situação?

Eu mesmo Marco Aurélio já passei por essa situação. Sempre fui apaixonado por missões E lembro muito bem, quando eu estava com os meus 19 anos de idade , eu fazia parte do grupo de instrumentista da igreja que meus pais frequentavam.

 E ao lado da minha casa morava um menino de uns 12 pra 13 anos de idade e gostava muito de violão e as vezes trocávamos ideias sobre violão, sobre músicas.

E eu Marco Aurélio, comecei a perceber o quanto a família daquele menino precisavam de ter um encontro com Deus.

 E a única maneira de levar Jesus até eles, seria eu convidá -lo pra conhecer o nosso grupo de louvores.

Mas eu ja estava ciente que sua mãe não o deixaria ir a igreja e principalmente comigo.

E quando eu soube dessa reação de sua mãe, resolvi ir pra o joelho orar a Deus e pedir orientações a Deus pra que ele ( Deus ) me desse sabedoria em como agir e em que momento agir.

 E nós do grupo da igreja andávamos com roupas sociais, sapatos de social marca . E o vizinho menino?

 Será que ele tinha roupa adequada pra ir a minha igreja caso eu viese convidá-lo? Bom essa era a minha preocupação. 

E por causa dessa minha atitude, por causa dessa minha preocupação em como ajudar as pessoas até antes mesmo de levá-los a igreja, estava se tornando alvo de críticas entre os meus colegas da igreja .

Quantas vezes eu cheguei a ouvir: Marcos se vc convidou e ele não veio , fique tranquilo que a sua parte vc fez .

E quando eu ouvia também: Pare de se preocupar se fulano ou fulana tem calçados , comidas e roupas pra vir a igreja?

Ou se tem ou não tem um violão pra tocar! O nosso objetivo é pregar e convidá-lo pra vir a igreja.
Se ele ou ela não tem roupa, sapato ou comida, isso é problema pessoal dele. Não podemos fazer nada a mais, a não ser orarmos,apenas isso entendeu?
 Sinceramente amados (a) em Cristo, ouvir aquelas palavras me deixava muito triste. Afinal , minha visão de ganhar almas , fazer missões , era totalmente diferente.

Eu percebia que aquele amiguinho gostava de violão e tinha uma vontade imensa de desenvolver o seu talento.
 E o meu desejo de levá-lo a igreja era tão grande, e pra animá-lo, lhe dei um violão de presente. Aliás o único violão que eu tinha na época.

E ao dar-lhe o violão, pude ver seus olhos brilhandos de alegria e felicidades quando o presenteei.
Um belo dia , ele todo animado me chamou e disse :
    Marquinho, eu não entendo o porquê que minha mãe te odeia, sendo que vc me ajuda muito com seus conselhos e ainda tem ensinado eu a amar minha mãe e a perdoá-la.
      Eu sei que minha mãe não gosta de você e nem quer que eu acompanhe vc pra igreja.

Hoje é domingo e eu estou decidido a igrejde com você , custe o que custar . rso

Meus amados (a) ele até foi a igreja, mas ao chegar em casa teve que dormir no quintal da fe sua casa porque sua mãe não o deixou entrar. Mesmo assim ele persistiu em ir a igreja. E confesso-lhes, que eu estava sobremodo tão feliz porque em meio aquela perseguição tanto a mim quanto a ele, mas as minhas orações juntamente com ações, atitudes, estava causando efeitos positivos.
 Mas como inimigo da nossa alma( satanás)não desisti de nos atacar, não estava satisfeito com aquele meu jeito de fazer missões, ele ( o inimigo) passou a usar a mãe do amiguinho contra mim. E não aceitava em hipótese alguma a amizade dele comigo. E o inimigo a deixou com tanto ódio por mim , que a mãe do  meu amiguinho, chegou ao ponto de quebrar o violão que eu lhe havia presenteado.

Mas como eu tinha plena certeza que aquela alma tanto dele ( amiguinho) quanto da família precisava de Deus, então eu não desistia , eu orava e agia.

lembro-me que naquela época era comum nos dias de congressos ou culto com a mocidade, o nosso grupo de instrumentista apresentar com dois ou mais louvores. E eu com a minha intenção de Deus salvá- lo naquela noite, pensei em convidá-lo. E novamente me questionei:

    Será que o amiguinho tem sapato adequado com o evento?
Se ele for, será que ele não vai se sentir constrangido ou acanhado por não ter um bom sapato, uma boa peça de roupa?

E um certo dia tomei a decisão, não comentei nem com os meus pais. Resolvi então correr em uma loja na época por nome de Sapataria Regina, e comprei o tal sapato. Só que eu estava correndo o risco até mesmo de apanhar da mãe do amiguinho.
Mas eu não me importava com isso, afinal eu estava ciente que que eu tinha chamada de Deus pra realizar essa tarefa e que não era a sua mãe quem me odiava, mas sim ; satanás que a usava contra mim.

 Minha mãe também quando soube do sapato que comprei pra presentear o amiguinho, minha mãe retrucou dizendo:

Tudo isso é vontade de levar o menino pra igreja?

Respondi dizendo: Não só ele mãe, mas se possível a família toda.
Mas filho insistiu ela., eu sei que você gosta de ajudar as pessoas, mas não precisava deste exagero. Aliás,tem tanto sapato usado aí! Pra que isso?
Mas mesmo assim eu não desisti. Dei-lhe o sapato de presente e o convidei e pra minha surpresa ele aceitou o convite convite igreja todo feliz. Infelempregados dias atuais quase não vemos pregadores fazer o apelo ou convite no final da pregação da palavra de Deus. Mas na época era uma das prioridades do culto. E quando o líder do grupo de Jovens fez o convite se tinha alguém pra aceitar a Jesus. E pra   honra e glória do nosso Deus, na hora do apelo ele foi o primeiro a ir a frente a aceitar Jesus. Que cena maravilhosa! Que bênçãos!

Os dias foram se passando e lá  estava ele ( O amiguinho) firme no grupo e firme com Jesus. Mas as perseguições e  provações a cada dia aumentava contra ele.

Depois de muito tempo eu fui congregar em outro ministério e em outro bairro.
Mas ele o amiguinho, continuava firme na igreja e firme com Jesus.
Depois também de uns dois a três anos me mudei pra o Estado de São Paulo e ao saber que ele ( o amiguinho )  havia sido colocado pra fora de casa, continuei a orar por ele e apresentar a Deus a sua situação. Aliás até desejei muito buscá-lo , mas ao orar a Deus eu pude sentir que não era o momento pra tomar aquela atitude.
Mas fiquei muito feliz ao saber que o líder da grupo de jovens o havia recolhido e levado-o pra morar em sua casa. Glórias a Deus!

E o mais forte ainda , é que através da conversão do amiguinho a Cristo , suas irmãs também vieram pra Cristo. Aleluia!

Ao amiguinho Deus deu esposa, filhos. E hoje ele um servo de Deus,  e é também um excelente instrumentista da casa de Deus.

Missões é muito mais além do que pensamos! A origem da palavra missão vem de Missil, que significa enviados pra atacar, arrebatar, arrancar, conquistar.
As vezes pra ganharmos almas pra Jesus, temos que usar todas as ferramentas possível.

 A ferramenta da oração,
 A ferramenta da palavra
 A ferramenta do Jejum . Mas também;
A ferramenta da solidariedade.

Has vezes temos que estender também nossas mãos. E não apenas orar e pregar.
Lembre-se que; pra conquistarmos almas , as vezes é preciso até mesmo sacrifícarmos nosso tempo. Se preciso, perdermos até noite de sono. Mas no final de tudo isso, vem a recompensa. Aleluia!

 Infelizmente meus amados (a) em Cristo acontece muito isso no meio de nós evangélicos. Queremos levar alguém ao templo pra aceitar a Jesus ou pra adorar A Deus conosco, mas pouco nos importamos com os problemas ou com as dificuldades das pessoas.

Que ao invés de pedirmos a Deus condições financeira pra ajudá-los, preferimos julgá-los.

 Há, fulano não quer nada com Jesus!
Já o convidei pra ir a minha igreja e não vai porque não quer.

 Ou julgamento do tipo : Fulano não quer nada com Jesus não!
Está sofrendo porque quer!

É isso mesmo meus amados(a).

Lembram do que Jesus disse?

Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;"


Você sai ao campo pra evangelizar e depara com uma pessoa sem Jesus, sem roupas e sem calçados pra vestir pedindo ajuda. Qual seria a sua atitude?

Naquele momento vc já sabe que ele além de estar precisando de Deus, ele precisa também  de uma ajuda seja com remédios, seja com roupa, calçados e outros.

Nesta situação,

 Devemos orar , evangelizar e estendermos nossas mãos pra ajudá-los ?
Ou somente evangelizá-lo e deixar que Deus faça tudo?

Reflita e deixe sua sugestão, opinião ou até mesmo se você meu irmão ou minha irmã, já passou por essa situação, conte-nos.

Sua experiência com missões ou evangelismo poderá servir de edificação para outros. Amém? 

Deus vos abençoe grandemente!
Atenciosamente,

Atenc. Marco Aurélio
Compartilhar:
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 Comments:

Marcadores

Quem sou eu

Minha foto
Diac. Marco Aurélio
Visualizar meu perfil completo
BANNER 728X90
Ads Top

#

Programa Vale apena ouvir de novo! O seu Programa de todos os domingos!

Faça você também parte deste grupo de seguidores do Blog e receba também orações pela sua vida!

Sejam Bem Vindos ao Site Culto Abençoado no seu Lar!

A paz meus queridos e irmãos em Cristo! Inscrevam-se abaixo com o seu E-mail e receba Orações pela sua vida e tambem pela sua família e fique atualizado com as mensagens que edificarão as vossas vidas. Amém?:

Delivered by FeedBurner

Conteúdos mais visitados

a

b

b

c

d

e

f

g

h

i

j

k

L

m

k

TRADUZIR ESTE SITE

Cotação Euro Hoje

Cotação Bitcoin Hoje

Cotação Ouro Hoje

Siga-nos

SEJAM BEM VINDOS!

Volte Sempre!

Flag Counter

Total de visualizações

Leitores Diário Blog

Matérias mais visitadas